32.3 C
Rio Branco
9 agosto 2022 11:33 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Pinscher é morto com tiro na cabeça; família procura polícia para denunciar crime

Crime ocorreu em menos de 5 minutos após tutora chegar em casa. Família diz que não ouviu barulho algum

POR G1

A Polícia Civil investiga a morte de um pinscher, em Itaporã (MS), a 254 km de Campo Grande. O animal foi encontrado com um tiro na cabeça e a suspeita é que ele tenha sido morto por uma arma de chumbo, segundo o registro policial.

Conforme o depoimento de um dos tutores, a filha dele chegou à residência às 17h05, de quarta-feira (20), e foi recebida pela pinscher fêmea, que se chamava Dolly. Contudo, às 17h10, a mãe da jovem chegou em casa e encontrou a cadela já sem vida.

A família informou que não ouviu nenhum barulho. Dolly foi encontrada com apenas um disparo na região da cabeça. Os tutores não souberam informar aos policiais se alguém testemunhou o crime.

O caso foi registrado como “Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, se ocorre morte do animal”. O crime é investigado pela Delegacia de Polícia de Itaporã. O animal foi enterrado pela família.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.