23.3 C
Rio Branco
9 agosto 2022 8:52 pm

PM estoura “casa-cofre” e desarticula quadrilha que assaltava entregadores dos Correios de Rio Branco

POR ITHAMAR SOUZA, PARA CONTILNET

Última atualização em 03/07/2022 14:47

A jovem Patrícia, 21 anos, foi presa e uma adolescente de 17 anos apreendida ambas acusadas de porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e receptação de mercadorias roubadas, na noite deste sábado (2), na rua Tucumã, no bairro Mocinha Magalhães, em Rio Branco.

Segunda informações da Polícia Militar, as guarnições estavam realizando um patrulhamento de rotina, quando receberam uma denúncia via Copom informando que em uma residência na rua Tucumã estaria acontecendo uma violência doméstica.

A viatura da Força Tática do 1° Batalhão estava mais próxima do local e foi atender a ocorrência. Ao chegar no local denunciado, a guarnição chamou várias vezes na frente da casa e, ao olhar por cima do portão, percebeu um homem estava pulando o muro da parte de trás da residência. Os PMs ainda perceberam que ao subir o muro, o homem deixou cair uma pistola.

A guarnição pediu apoio e o reforço foi dado pelos militares da Ronda Ostensivas Tático Móvel (Rotam), do Bope. Após os policiais chegarem no local, os militares solicitaram autorização para entrar na casa, que foi concedida e, ao adentrar na residência, viram duas jovens chorando e nervosas.

Ainda de acordo com a polícia, inicialmente os PMs pensaram que se tratava de violência doméstica, mas ao entrar na residência com a autorização das jovens, foi encontrado uma espingarda calibre 12 de repetição, com 19 munições intactas, uma pistola 380, que o homem que fugiu deixou cair próximo ao muro, 7 munições intactas de ponto 40, 23 munições intactas de 380, 22 munições intactas de 9 milímetros, 2 carregadores de pistolas, 146 gramas de skunk, 3 coletes balísticos, 2 balaclava (touca ninja), próteses ortopédicas, produtos para cabelo, suplementos alimentares, vários sapatos, tênis, videogame, caixa de som e entre outros materiais.

Segundo informações da polícia, os produtos são roubados dos entregadores dos Correios, pois ainda tinhas as etiquetas da empresa. Além do material, foi encontrado a quantia de R$ 49 em espécie, provavelmente oriundo do tráfico de drogas.

Ao perceber que ali era uma “casa-cofre”, os policiais perguntaram de quem pertencia aquele material e a menor disse que era do namorado dela.

Diante dos fatos, a menor recebeu voz de apreensão e Patrícia voz de prisão, e em seguida, as jovens foram encaminhadas para a Delegacia de Flagrantes (Defla), juntamente com as armas de fogo, munições, dinheiro, produtos e as drogas apreendidas, para serem tomadas medidas cabíveis.

Veja as fotos da operação:

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.