21.3 C
Rio Branco
7 agosto 2022 6:56 am

“O ideal é que se entendam”, diz Longo sobre Bittar e Gladson

"Vamos aguardar, é briga de cachorro grande", disse Pedro Longo em tom de descontração

POR REDAÇÃO CONTILNET

Última atualização em 03/08/2022 20:55

No bate-papo do podcast do ContilNet desta quarta-feira (3), o deputado estadual líder da bancada do governo na Assembleia Legislativa, Pedro Longo, trouxe muitas informações interessantes.

Ele conversou com o apresentador Everton Damasceno sobre a polêmica da exigência do curso de direito para entrar na Polícia Militar, falou também sobre a nova lei que proibe a comercialização, transporte e utilização de fogos de artifícios com estampido e claro, falou sobre política.

Pedro Longo disse que a chapa do PDT é a mais forte e parabenizou o partido por ter montado essa chapa. Ele lembrou também dos desafios. “Assumi quase dois anos depois dos demais deputados eu tive que trabalhar dobrado para recuperar o tempo perdido. Menos de três meses depois de ter assumido, o governador Gladson já me convidou para ser líder do governo”, lembrou.

Foto: ContilNet

E claro, o deputado estadual falou sobre política. “O prazo fatal é o dia 5. Eu acho que o ideal era que esses grupos se entendessem”, disse Pedro Longo sobre divergências entre o senador licenciado Marcio Bittar e o governador Gladson Cameli.

“Vamos aguardar, é briga de cachorro grande”, disse em tom de descontração, mas deixou claro que gostaria que acontecesse um acordo entre os partidos ligados a Bittar e Cameli.

Confira no vídeo:

Saiba mais:

Lei que tira exigência do diploma de Direito para cargo de oficial no AC é derrubada

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.