29.3 C
Rio Branco
18 agosto 2022 8:30 am

Saúde do Estado lança estratégia de vacinação nas fronteiras

POR ASCOM

Última atualização em 04/08/2022 14:30

A vacinação da população é a principal medida de prevenção e controle das doenças imunopreveníveis. Para fortalecer as ações de imunização nas regiões de fronteira e melhorar o acesso da população dos municípios acreanos aos serviços de vacinação, o Estado, por da Secretaria de Estado de Saúde, e o Ministério de Saúde, nos meses de agosto e setembro, realizarão em Assis Brasil, Brasileia, Epitaciolândia e Santa Rosa do Purus a ação de intensificação de vacinação nas fronteiras.

A iniciativa é do Ministério da Saúde, que vai ofertar todos os imunizantes do Calendário Nacional de Vacinação, para atualização da situação vacinal dos moradores das cidades de fronteira, além disso, o Estado também convidará países que fazem fronteira com o Brasil para aderir ao método, ajudando a fortalecer as ações de imunização nas regiões e a melhorar o acesso da população aos serviços de vacinação, sem distinção da nacionalidade.

Para a coordenadora do Programa Nacional de Imunização (PNI) no Acre, Renata Quiles, a população-alvo para a vacinação nas fronteiras, em conformidade com o Calendário Nacional de Vacinação, são as pessoas de todas as idades.

“Nesse primeiro momento foi realizada uma reunião precursora com visita in loco e alinhamento com os municípios e definição de cronograma de quais comunidades iremos atender. Serão priorizadas as vacinas: tríplice viral (contra sarampo, caxumba e rubéola), pólio, febre amarela, covid-19 e influenza”, apontou Renata Quiles.

A programação começará no fim de agosto nos municípios de Brasileia, Assis Brasil e Epitaciolândia. Em setembro, será a vez de Santa Rosa.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.