Segurança que foi baleado após ter arma tomada por adolescente dentro de agência bancária recebe alta

Jovem, de 16 anos, estava com duas primas quando entrou na agência, em Bauru (SP), próximo ao horário de fechamento

O segurança da agência do Banco do Brasil que foi baleado por um adolescente que tomou a arma dele, na tarde desta quinta-feira (2), recebeu alta do Hospital de Base de Bauru (SP), no fim da manhã desta sexta-feira (3), após ficar um dia internado.

Uma câmera de segurança registrou o momento em que o adolescente pega a arma do segurança e atira contra ele

O menor de idade, de 16 anos, foi contido e o funcionário socorrido e levado para o Pronto Socorro Central (PSC) de Bauru com a bala alojada no pescoço.

As parentes disseram à polícia que acreditam que o adolescente teve um surto psicótico, que ele tem algum distúrbio psiquiátrico, sem diagnóstico ou acompanhamento médico.

Segundo o Boletim de Ocorrência, o adolescente estava acompanhado de duas primas, quando os três entraram na agência bancária, localizada na área central da cidade, próximo ao horário de fechamento.

Vídeo mostra momento em que adolescente pega arma e atira em segurança dentro de banco em Bauru (SP) — Foto: Reprodução/Câmera de Segurança

A Polícia Militar informou inicialmente que o jovem estava acompanhado da mãe e de uma tia, porém o g1 teve acesso ao registro da ocorrência, que relatou que o menor foi à agência acompanhado das primas.

Flagrante

Uma câmera de segurança flagrou o ataque dentro da agência bancária em Bauru. As imagens mostram o menor de idade entrando no prédio e pegando a arma do vigia da agência.

Na sequência, ele atira contra o funcionário (veja o vídeo acima). O segurança foi baleado na nuca.

Logo depois, o jovem coloca a arma no chão e se esconde atrás de uma das primas que, ao perceber que outros vigilantes estão mirando a arma para o garoto, fica na frente dele.

O Banco do Brasil informou que acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a polícia imediatamente. O banco também disse que presta apoio e cuidados médicos ao vigilante da empresa terceirizada.

O adolescente foi apreendido por policiais militares e, acompanhado das primas, levado ao Plantão da Polícia Civil de Bauru, de onde foi encaminhado à Fundação Casa.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost