Drama em Juruá: pai é preso por manter filhas e neto em cárcere privado

A denúncia que levou à prisão do indivíduo partiu da filha mais velha, uma jovem de 18 anos

Um homem de 52 anos foi detido na última sexta-feira (21) sob a acusação de manter suas duas filhas e seu neto em cárcere privado em sua residência na comunidade Portelinha, em Juruá, Amazonas.

Caso aconteceu no interior do Amazonas/Foto: Reprodução

A denúncia que levou à prisão do indivíduo partiu da filha mais velha, uma jovem de 18 anos. Ela relatou que tanto ela quanto sua irmã de 17 anos e o filho desta, um menino de 3 anos, eram mantidos reclusos na casa pelo pai.

Segundo informações da polícia, as vítimas eram impedidas de sair de casa e de se comunicar com outras pessoas, exceto para irem à escola. A jovem ainda revelou que o pai as mantinha sob constante vigilância e controle.

Durante a operação na residência do acusado, foram apreendidos uma arma de fogo, munições ilegais e três tartarugas. A adolescente também trouxe à tona um relato alarmante, afirmando que o pai já teria tentado abusar sexualmente dela e que dormia na mesma cama que ela durante as noites.

O caso chocou a comunidade local e as autoridades estão investigando a fundo essa situação para garantir a segurança e o bem-estar das vítimas. A prisão do homem representa um passo importante na proteção dessas vítimas e na busca por justiça nesse grave caso de violação dos direitos humanos.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost