Rio Branco, Acre,


Governo do Acre abona falta de professores e ameaça demitir quem permanecer em greve

"Todos os alunos chegarão no Natal com o seu aprendizado garantido", afirma o secretário Marcos Brandão

Secretário Marcos Brandão/Foto: G1
Secretário Marcos Brandão/Foto: G1

Os professores provisórios que permanecerem em greve e não comparecerem às salas de aula até esta terça-feira (18) terão seus contratos cancelados. O anúncio foi feito pelo secretário de Educação, Marcos Brandão.

“As faltas serão abonadas, sem prejuízo para os salários do mês de agosto. Mas nós manteremos o indicativa de substituir aqueles que insistirem em prejudicar o ano letivo”, afirmou o secretário.

PUBLICIDADE

Segundo Brandão, as escolas estão fazendo um levantamento para listar nomes dos que permanecem em greve e quem voltou à sala de aula. “O processo de substituição está sendo projetado. Porém, nós daremos prioridade ao chamamento do cadastro de reserva na última seleção”, disse.

O governo repassou toda a responsabilidade do replanejamento do ano letivo aos professores. O replanejamento inclui aulas todos os sábados e, em contraturnos, até o mês de dezembro. “Todos os alunos chegarão no Natal com o seu aprendizado  garantido”, concluiu Brandão.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up