Rio Branco, Acre,


Professores da Ufac rejeitam proposta do governo e greve continua

Foto: Reprodução
Os docentes voltaram a rejeitar a proposta ofertada pelo governo federal./Foto: Reprodução

Durante assembleia geral na Universidade Federal do Acre, na tarde de quinta-feira (24), a maioria dos professores decidiram pela manutenção da greve que já dura quase 4 meses.

Os docentes voltaram a rejeitar a proposta ofertada pelo governo federal, que é de 10,8% de reajuste salarial em dois anos, iniciando o pagamento em agosto deste ano.

PUBLICIDADE

Segundo Manoel Estébio, a greve continua até 5 de outubro quando o comando de greve se reunirá com representantes do Ministério da Educação para retomar as negociações.

Estébio disse que se nada for resolvido, no dia 6 de outubro os professores da Ufac voltam a realizar assembleia para decidir pela manutenção ou fim da greve.

Corpo docente e comando de greve da Ufac./ Foto: Reprodução
Corpo docente e comando de greve da Ufac./ Foto: Reprodução

A greve atinge todos os cursos dos campus da Ufac em Rio Branco e Cruzeiro do Sul. De acordo com a vice-reitora, Guida Aquino, as aulas estão paradas em 100% nos mais de 40 cursos de graduação e pós graduação.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up