Deputado questiona veracidade da planilha de custo de empresas e ônibus


SALOMÃO

O deputado estadual Eber Machado (PDT), usou a tribuna da Assembleia Legislativa na manhã desta terça feira (22), para contestar a veracidade das planilhas de gastos das empresas de transportes coletivos que atuam em Rio Branco e pretendem aumentar o valor das passagens, que podem pasaar dos atuais R$ 3.50 para 4.43.

Com documentos em mãos, o parlamentar considerou um absurdo os números apresentados e de acordo com ele, os dados não condizem com a realidade pela qualidade dos serviços prestados à população rio-branquense.

Dep. Éber Machado/Foto: reprodução

Segundo Machado a própria RBtrans vem defendendo os empresários do setor de transportes e trabalhando contra a população que é penalizada com os péssimos serviços prestados nos transportes públicos na capital.

“Vejam só meus colegas, eles dizem que gastam mais de 2 milhões por mês só com combustível. R$ 5 milhões com peças de reposição, mais de R$ 200 mil com aluguel de carros de apoio, e o mais impressionante senhores deputados, aquela salinha que as empresas tem alugada alí no terminal urbano só para bilhetagem, custa para eles, segundo a planilha, R$ 61 mil reais. Queremos saber onde estão as notas fiscais disso tudo. As guias de pagamentos. É muito estranho quando o que temos são ônibus velhos, sucateados, caindo os pedaços mesmo circulando e atendendo a nossa população”, questionou o parlamentar.

Eber Machado também criticou a RBtrans pelo que caracterizou de perseguição aos taxistas que fazem transportes intermunicipal.

“Todos os dias há agentes de trânsito multando os taxistas que fazem rota nos municípios do interior para saber se estão com a documentação regular e senão, multando. Porque a RBtrans não faz a mesma fiscalização com esses ônibus? Todos sabemos que a maioria dos ônibus são velhos e tem documentos vencidos e por tanto impedidos de circular. Volto a repetir; a RBtrans trabalha como um braço de apoio às irregularidades dos empresários de ônibus e é simplesmente contra a população”, denunciou.

Por fim, Machado fez um apelo à atual prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, para que não ceda as pressões dos empresários do setor dos transportes coletivos para aumentar o valor das passagens de ônibus.

“Eu gostaria aqui de fazer um apelo a nossa atual prefeita, uma pessoa até então imaculada e que sempre tem trabalhado em prol dos menos favorecidos. Peço que tome para sí, prefeita, essa responsabilidade e apoie a população que mais precisa. O trabalhador não pode ser penalizado com esses absurdos. Chame sua equipe técnica e verifique esses valores dessas planilhas que, com certeza, esses valores não condizem com a realidade”, encerrou o parlamentar.

Outras Notícias

Veja Também