“Abrirei as portas da Prefeitura para a PF, MPAC e TCE”, diz novo prefeito do Quinari


"Vou uspender todas as licitações suspeitas, não haverá contrato fraudulento na minha gestão"

ASCOM PMSG

O Prefeito do Quinari, Gilson Pessoa (Progressistas), anunciou em sua rede social a adoção de sete medidas urgentes para os próximos dias de mandato. Para ele será imprescindível a realização de auditoria nas contas públicas.

Em outra via já manteve contato com os responsáveis pela transparência municipal e mandou abrir todos os dados de interesse público do Portal www.senadorguiomard.ac.gov.br

O gestor pontua a suspensão de contratos suspeitos, melhorias na iluminação, limpeza e cuidado das escolas para o ano letivo.

Gilson Pessoa assumiu a prefeitura de Senador Guiomard/Foto: ASCOM PMSG

“Será assim comigo na gestão. Assumo por força de lei, cumprirei elas e peço ajuda da população”, comentou.
Medidas urgentes:

1. Abrirei as portas da Prefeitura para a Polícia Federal, Ministério Público, Tribunal de Contas para auditoria dos atos que entenderem pertinentes (vou pedir ajuda dos mesmos);

2. Publicidade total de todos os atos do município, chega de termos um Portal de Transparência que não funciona, tudo meu é transparente. Qualquer pessoa poderá acompanhar os atos e se me acusar de algo terá que provar. Não sou ladrão;

3. Compor uma equipe enxuta e reduzir a máquina de secretários, cargos e FGs (chega de gente sem trabalhar e recebendo);

4. Promoveremos a limpeza da cidade com retirada de entulho e do lixo doméstico (quero nossa cidade sem urubus);

5. Suspender todas as licitações suspeitas, não haverá contrato fraudulento na minha gestão;

6. Buscar melhorias na iluminação pública;

7. Cuidar das escolas para o ano letivo e do transporte dos universitários.

São medidas imediatas. Peço ajuda.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Outras Notícias

Veja Também