Rio Branco, Acre,





Ex-prefeito de Rio Branco Marcus Alexandre nega nomeação no TJ-AC e pede respeito


Por meio da assessoria, Tj também negou rumores da nomeação do ex-gestor

LAMLID NOBRE, DO CONTILNET

Ao tomar conhecimento de que circula nas redes sociais notícia de que haveria sido nomeado para assessor do Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJ-AC), o ex-prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre (PT), fez contato com a reportagem do ContilNet para negar enfaticamente a informação e pedir respeito.

Candidato da Frente Popular do Acre ao governo do estado, tendo perdido a disputa nas urnas para o governador Gladson Cameli (Progressitas), Marcus Alexandre completa:  “As eleições já passaram há quase quatro meses, eu já desci do palanque. Está na hora de todo mundo fazer o mesmo. Trato a situação com respeito e peço o mesmo.” , disse.

Marcus Alexandre/Foto: ascom

Marcus Alexandre, que se encontra de férias, informou ainda que assim que terminar o período se apresentará ao Estado. “Sou servidor público concursado há 11 anos. Fiz prova para a SGA (Secretaria de Estado de Administração) como todo mundo.”, afirmou, confirmando que é lotado como engenheiro na Secretaria Estadual de Obras.

“Eu estou seguindo com a minha vida em paz. Só tenho orgulho das coisas boas que fiz. Vou me apresentar para trabalhar e cumprir meu expediente. Todas as funções que exerci até hoje, fiz com zelo e tenho muita gratidão por tudo.”, destacou Marcus Alexandre, enfatizando que não há qualquer possibilidade de ser verdade que teria sido nomeado para qualquer outro cargo no momento. “Eu teria sido o primeiro a saber. E como estou de férias, os comentários sobre isso são totalmente desnecessários no momento.”, completou.

TJ-AC confirma versão de Marcus Alexandre – por meio da assessoria de comunicação do Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC), a reportagem apurou que não existe nenhuma nomeação em qualquer cargo dos quadros da instituição em favor de Marcus Alexandre. “Os cargos de diretores e gerentes já estão fechados para a próxima gestão e o nome dele não consta.”, informa a nota.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também