Justiça do Trabalho derruba decisão que dava poder de votos a diretores de Sindicatos


A votação começou às 08h20min da manhã, à portas fechadas, na sala de reuniões

SAIMO MARTINS, DO CONTILNET

O desembargador Francisco José Pinheiro Cruz, do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-14), derrotou as três decisões do juiz Edson Carvalho Barros Júnior, titular da 4ª Vara do Trabalho de Rio Branco, que dava poder de voto aos diretores do Sindicatos das Indústrias de Olaria (Sindoac), Gráficas (Sindigraf) e Confecções (Sincon) nas eleições para a presidência da Fieac que ocorre nesta segunda-feira (14).

Fieac/Foto: Reprodução

Com isso, Aristides Formiguieri, do Sindoac, Jaqueline Costa, do Sindigraf e Abrahão Mendes, do Sincon, estão impedidos de participar da votação que determinará o novo presidente da Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac).

A votação começou às 08h20min da manhã desta segunda, à portas fechadas, na sala de reuniões.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Outras Notícias

Veja Também