Rio Branco, Acre,


“Não vamos governar baseados em especulações, chantagens e pressões” diz Gladson Cameli

"Precisamos das críticas, precisamos dos aliados, e até dos adversários. Mas não precisamos de divisão, de ódio, de tirania", disse o governador

Em tom de desabafo devido às críticas de adversários, e até de aliados, que vêm sendo divulgadas por alguns setores da imprensa e nas redes sociais, o governador Gladson Cameli publicou uma postagem em sua Fanpage onde diz não ter esquecido as pessoas que sempre estiveram ao seu lado e que já sabia que sua missão como governador do Acre não seria fácil.

“Vinte anos não são vinte dias. Não tenho dúvidas que, unidos, venceremos todos os obstáculos”, disse.

Cameli também falou sobre as especulações, chantagens e pressões que vem sofrendo, e diz que o momento é de unidade, mas que lamenta não enxergar isso em várias pessoas. “Não vamos governar baseados em especulações, chantagens e pressões de pessoas que distorcem questões e atacam a honra alheia. Se o momento é de unidade, lamento não enxergar isso em várias pessoas”, desabafa. Veja a postagem do governador:

Gladson: “20 dias não são 20 anos. Sou o mesmo Gladson e o mesmo acreano que acredita e sonha com dias melhores para todos nós”

O ACRE de mãos dadas

Bom dia, meus amigos!

Estamos caminhando para vinte dias de governo e, como já sabíamos, não seria fácil.

Digo a vocês que me acompanham pelas redes sociais que não tenho medo e estou preparado para continuar encarando os desafios de frente.

Estamos trabalhando para montar uma equipe eficiente e que esteja disposta a assumir muito trabalho e responsabilidade. É o que temos: compromisso, trabalho e responsabilidade.

Não tenho dúvidas que, unidos, venceremos todos os obstáculos.

Não esqueci das pessoas que sempre estiveram ao meu lado e digo a cada uma delas que com respeito, legalidade e dedicação, continuaremos juntos pela desenvolvimento do Acre.

Não vamos governar baseados em especulações, chantagens e pressões de pessoas que distorcem questões, atacam a honra alheia e desprezam anos de estudo dos seus colegas e o suor derramado nas esquinas, inclusive entre os mesmos grupos políticos.

Se o momento é de unidade, lamento não enxergar isso em várias pessoas, principalmente em algumas que não estão chorando como vários pais de família que não têm sequer o alimento dos filhos.

Precisamos das críticas, precisamos dos aliados, e até dos adversários. Mas não precisamos de divisão, de ódio, de tirania. Acho que tudo isso deve ter ficado no passado quando decidimos mudar o Acre. 20 dias não são 20 anos. Sou o mesmo Gladson e o mesmo acreano que acredita e sonha com dias melhores para todos nós. Um beijo no coração!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias