Rio Branco, Acre,





Ponte no Alto Acre precisa de reparos e ex-vereador questiona destino de R$ 12 milhões


Carlos Portela questiona o suposto 'sumiço' dos recursos anunciados pelo governo do PT para a reforma da obra

SALOMÃO MATOS E ARCHIBALDO ANTUNES, DO CONTILNET

A ponte José Augusto, que liga Epitaciolândia e Brasileia, no Alto Acre, está recebendo reparos na noite desta sexta-feira (18), devido à apresentação de problemas em sua estrutura. Os serviços estão sendo feitos por uma equipe do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), que precisou interditar o local à passagem de veículos automotores.

Moradores da região que queiram passar de um lado a outro dos dois municípios precisam utilizar a Ponte da Amizade, que liga Epitaciolândia a Cobija, na Bolívia, e depois a Wilson Ribeiro, que dá acesso ao território boliviano a partir de Brasileia. Ou fazer o percurso inverso caso estejam em Brasileia e queiram chegar a Epitaciolândia.

Homens do Dnit fazem reparos emergenciais e trânsito é interditado/Foto: Alexandre Lima

A interdição, porém, vai durar até a conclusão da troca de parte do piso que estava danificada.

Segundo o engenheiro Paulo Bernando, do Dnit, a prefeitura de Brasileia cedeu a madeira e os servidores do órgão trabalham na substituição. A medida é paliativa e tem por objetivo prevenir eventuais acidentes, conforme ele assegurou ao jornalista Alexandre Lima, do site O Alto Acre.

Imagem feita por Carlos Portela mostra a precariedade do acesso/Foto: cedida

Paulo Bernardo garantiu ainda que os serviços serão retomados neste sábado (19), pela manhã, para que os técnicos tenham condições de avaliar com precisão as condições da ponte metálica, como ela é mais conhecida.

A intervenção do Dnit foi feita a partir de um pedido do governador Gladson Cameli (Progressistas). Segundo sua assessoria de imprensa, o antigo Deracre – que virou Secretaria de Estado de Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano (Seinfra), após a reforma administrativa promovida pelo sucessor do petista Tião Viana –, foi recebido me estado falimentar, com as máquinas sem condições de uso e sem insumos.

Assim que recebeu o pedido de socorro de Cameli, o superintendente do Dnit no Estado, Tiago Caetano, enviou uma equipe para o Alto Acre.

Ex-vereador questiona destino de recursos

Na tarde desta sexta-feira (18), o ex-vereador e policial rodoviário federal aposentado Carlos Portela (PPS) entrou em contato com a redação do portal denunciando as condições da ponte José Augusto. Ele também enviou vídeo e fotografias que comprovam a precariedade da estrutura.

Portela não só teceu críticas ao abandono da obra por parte do governo anterior como questiona o destino dos R$ 12 milhões anunciados com muito alarde pela gestão do petista Tião Viana.

Placa anunciando reforma: muita pirotecnia, nada de ação e dúvidas sobre o paradeiro do recurso/Foto: cedida

Segundo ele, as placas afixadas anos atrás contendo informações sobre os serviços e o montante a ser aplicado na recuperação da ponte metálica são o retrato da negligência que assolou o estado.

“Agora vai ser mais uma dor de cabeça para o governo do Gladson resolver. O PT em toda eleição vinha aqui prometer que ia fazer a obra e nada. O Ministério Público precisa agir, investigando o destino de todo aquele dinheiro que os governos do Jorge, Binho e Tião Viana dizem ter empregado na ponte”, afirmou.

Construída pelo governador Nabor Junior, do PMDB, e batizada com nome de José Augusto na década de 1980, ela é hoje o retrato do abandono e um risco de vida para milhares de pessoas que fazem a travessia diária entre Brasileia e Epitaciolândia. Veja o vídeo feito por Carlos Portela.

Segundo ele, os governos do PT resolveram passar asfalto sobre o piso de madeira, sem qualquer preocupação em reforçar a estrutura.

“Não é preciso ser engenheiro para concluir que madeira apodrece. Com o tempo e as alegações, a base original se deteriorou, e o asfalto cedeu, abrindo os buracos. Deus queira que a ponte não venha abaixo”, concluiu Portela.

Colaborou Alexandre Lima, do site oaltoacre.com

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários




Outras Notícias

Veja Também