Rio Branco, Acre,


Bittar participa de inauguração de ETA em Sena e manifesta apoio a Bolsonaro e Gladson

O secretário Thiago Caetano esteve presente no evento e agradeceu o senador pelo apoio que ele vem dispensando a Seinfra, em Brasília

O senador Márcio Bittar (MDB-AC) participou, na tarde desta sexta-feira (26), da inauguração da Estação de Tratamento de Água (Eta) de Sena Madureira, um investimento do Governo do Estado na ordem de R$ 5 milhões e que vai praticamente resolver o problema de abastecimento do município. Os recursos são oriundos de uma emenda de autoria do deputado federal Alan Rick (DEM-AC). O senador estava acompanhado da esposa, Marcia Bittar.

“O Depasa era utilizado para fazer política e agora nós temos a obrigação de fazê-lo cumprir sua missão, que é abastecer a população com água de qualidade e durante as 24 horas por dia”, disse o secretário de Infraestrutura, Thiago Cateano, durante a inauguração da obra. O secretário agradeceu a colaboração do senador Márcio Bittar e de Alan Rick.

Marcio Bittar participou da inauguração da nova estação de tratamento de água de Sena Madureira/Foto: ContilNet

A inauguração ocorreu numa solenidade a qual compareceram, além do secretário e do senador, o deputado estadual Gerlen Diniz (Progressistas). “Esta é uma obra de extrema importância. Nós reconhecemos que a obra começou lá atrás, no governo anterior, mas não vamos abandonar uma obra pela metade porque ela começou no governo anterior”, disse Diniz. “O governo Gladson Cameli assumiu todas as obras que estavam sem conclusão, está concluindo e entregando à população. É isso o que está acontecendo aqui. Essa obra está sendo possível e vai garantir água de qualidade, dia e noite, na casa do habitante de Sena Madureira, porque nós, aqui de Sena, no verão, sofremos muito, principalmente a população mais carente, pela falta d’agua. Quem não tem poço, tem que comprar água. Isso acabou”, acrescentou o deputado.

O Depasa é a sigla do Departamento de Pavimentação do e Saneamento do Estado, órgão ligado à Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) e que tem com o presidente estadual o ex-vereador Zenil Chaves.

A nova ETA vai atender quase toda a população do município/Foto: ContilNet

“Para mim, é um privilégio, uma honra estar aqui hoje. Quero aqui homenagear esta cidade, que é minha também e dizer que, quando o governador Gladson Cameli me pediu sugestões sobre nomes para dirigir ao Depasa, me fixei no seu nome e eu disse que, em relação a você, eu não colocava apenas a mão no fogo, mas o corpo todo e disse também ao secretário Thiago Cateano que dificilmente o governo teria uma pessoa mais trabalhadora e mais dedicada e que vestisse a camisa do Depasa” disse Márcio Bittar ao se referir ao gestor Zenil Chaves. “Eu me sinto honrado em ver um homem honrado e trabalhador à frente do Depasa”, acrescentou.

Ao se referir a Thiago Caetano, Bittar disse que o governador Gladson Cameli também acertou na escolha para a Seinfra. “Ao secretário, cabe a responsabilidade de consertar o estrago que fizeram durante mais de 20 anos. E não é só responsabilidade do secretário ou do Gladson Cameli. É responsabilidade minha, do Petecão e da Mailza também e dos oito deputados federais. É isso que estamos fazendo aqui e fico feliz em saber que, daqui para frente, quase 100 por cento do problema da água estará resolvido, mas sei que também ainda há muito para ser feito”, afirmou.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sobre a Reforma da Previdência

O senador disse ainda que está em Brasília fazendo exatamente aquilo que disse que faria durante a campanha eleitoral. “Eu estou ao lado do Bolsonaro e tenho coragem de dizer, como já dizia na campanha, que o Brasil tem que fazer as reformas e que é mentira que as pessoas ficam por aí propagando, geralmente gente de esquerda, que vai se fazer uma Reforma da Previdência contra os pobres. Contra os pobres foi o que fizeram aqui no Acre, onde há mais de 40 pessoas recebendo pensão de ex-governador. Gente que nem mora mais no Acre”, disse. “Pessoas aposentadas precocemente. É o que meu pai dizia, um homem que se aposenta aos 50 anos de idade, devia se envergonhar. Eu tenho 56 anos de idade. Trabalho desde os 14 anos de idade e não estou pensando em parar. No Judiciário, a aposentadoria média é de R$ 28 mil. Vi a lista hoje inclusive aqui do Acre, com juízes e desembargadores recebendo de R$ 80 mil. Isso é uma vergonha que acaba com o país e precisamos por um fim nisso”, afirmou.

Participaram do evento o vereador Josandro Cavalcante, o médico infactologista Alan Areal, o ex-deputado José Vieira, ex-prefeitos Jairo Cassiano, Toinha Vieira e Ulisses Modesto. O diretor administrativo do Depasa, Edson Siqueira e outras autoridades representantes do governo estadual e federal também estiveram presente no evento.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias