Rio Branco, Acre,


Governador condena críticas à conduta policial na fiscalização dos decretos

Gladson diz que PM só vai fazer valer as medidas quando abordagens deixarem de ser questionadas

O governador Gladson Cameli afirmou nesta segunda-feira (22) que a polícia só vai fazer valer as medidas impostas pelos decretos quando o policial tiver a garantia de que pode fazer seu trabalho sem que seja criticado pela sociedade. A declaração foi dada durante lançamento do plano Convivo Sem Covid.

“Quando eu tiver a segurança de que um policial meu não vai ser penalizado porque pegou no braço de alguém e tirou de dentro d’água, por exemplo. Foi fechar a rua e ficou uma situação como se ele tivesse agredindo alguém. E aí eu peço a presença dos órgãos controladores para que eles possam ter a garantia de que ele não vai ser penalizado”.

PUBLICIDADE

Municípios deverão elaborar planos de ação próprios sobre a punição para quem desobedecer seus decretos. “E nós vamos apoiar e ajudar em tudo o que for necessário. O que é de fato é que acabou essa questão só do estado. É junto que a gente vai”.

O governo esclareceu ainda que a fiscalização deve ser feita por quem concede os alvarás de funcionamento, ou seja, os municípios. Disse, ainda, que a força policial atende em regime de colaboração com a sociedade e as prefeituras.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

× Faça sua denúncia