Rio Branco, Acre,


Grupo feminista protesta em frente ao Estádio José de Melo contra contratação de Bruno 

O ato que contou com pouco mais de 100 participantes, tem faixas escritas a mãos

Na manhã desta sexta-feira (31), um grupo do movimento feminista do Acre resolveu cumprir o prometido e realizar um ato de protesto contra a contratação do goleiro Bruno Fernandes, nova aquisição para o gol do Rio Branco.

No ato que contou com pouco mais de 100 participantes com faixas,  elas argumentam que Bruno é um assassino e que está manchando a imagem do Estrelão. “O Bruno é homicida” dizia um dia cartazes. “O Bruno não é bem-vindo”, acrescentou outro.

PUBLICIDADE

Já uma outra manifestante alega que nos primeiros meses de 2020, o número de violência contra a mulher dobrou consideravelmente.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias