Rio Branco, Acre,


Igrejas, academias e eventos culturais presenciais seguem proibidos no Acre

Atividades só serão permitidas nas demais fases do protocolo de flexibilização do governo

A flexibilização de várias atividades iniciadas nesta terça-feira (21) no Acre não inclui igrejas, academias e eventos artísticos presenciais. De acordo com os protocolos sanitários, ainda não há segurança suficiente para que esses setores sejam liberados sem que ofereçam risco de contaminação pelo coronavírus, que já matou quase 500 acreanos.

A proibição das igrejas engloba eventos religiosos em templos ou locais públicos abertos ou fechados, de qualquer credo ou religião. Reuniões de sociedades ou associações sem fins lucrativos também estão incluídos.

PUBLICIDADE

Também devem permanecer fechados todo e qualquer tipo de espaço destinado a atividades físicas, como clubes esportivos e de lazer, parques, quadras poliesportivas, campos de futebol comunitário, estúdios de dança e similares.

Eventos culturais que possam gerar algum tipo de aglomeração, como cinema, teatro, shows presenciais, entre outros, seguem proibidos, bem como escolas/estúdios de música.

Centros e escolas de formação e capacitação, centro de formação de condutores de veículos automotores e similares, eventos, feiras, aulas presenciais, seminários e congressos continuam interrompidos até que a ameaça do coronavírus diminua.

Todas esses setores serão liberadas gradativamente conforme o Acre avance na classificação de risco. Nas últimas horas, o estado saiu da fase vermelha (emergência) para laranjada (alerta), o que possibilitou a reabertura de comércios e serviços não essenciais, desde que observados procedimentos sanitários.

Ainda restam outras duas fases, nas cores amarela (atenção) e verde (cuidado), até que todas as atividades retornem à normalidade sem comprometimento à saúde da população.

Uma nova avaliação de diversos índices é feita a cada 14 dias para saber se determinada região do estado está apta a avançar na escala.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up