Rio Branco, Acre,


Flordelis cobra filmagem de testemunha em casa de swing; assista o vídeo

A gravação foi recuperada e postada pelo perfil 'Vem me buscar Hebe', no Instagram. Deputada é acusada de mandar matar o marido

Um vídeo postado e apagado mostra Flordelis indignada, na noite da última quarta-feira (26), por ter sido apontada como frequentadora de uma casa de swing na Bara da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. Como contaram testemunhas durante as investigações da morte do pastor Anderson do Carmo, ele e a mulher, a também pastora e deputada federal Flordelis, frequentavam uma destas casas e, inclusive, teriam ido na noite do crime.

No vídeo, Flordelis aparece irritada exigindo de uma pessoa a quem chama de Carlinha a filmagem dela na tal casa de swing. “Mas eu não fiz, não, lindona. E você vai ter que mostrar a filmagem minha, o meu rosto, a minha voz, euzinha, bem clarinha na filmagem, eu na casa de swing. Tá ok, Carlinha?! Você vai ter que ter uma filmagem. Tá bom, meu amor?”, diz aos gritos.

PUBLICIDADE

“Se eu fosse você começava a ir na Barra agora, na casa de swing procurar essa filmagem agora. Porque se você não tiver nenhum videozinho meu… E mais uma coisa, tem que ter um videozinho eu bêbada, trêbada, carregada. Porque se você não tiver, meu amor, você vai ter que me pagar por danos morais. Tem dinheiro, não? Começa a fazer faxina! Tem dinheiro, não? Vende tudo o que você tem na sua casa. Tem dinheiro, não? Vai ter que me pagar por danos morais”.

O vídeo foi recuperado e postado pelo Instagram ‘Vem me buscar Hebe’. Assista abaixo:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up