Rio Branco, Acre,


Prefeito de Cruzeiro do Sul Ilderlei Cordeiro tem mandato cassado; Vagner Sales fica inelegível

Decisão foi unânime; acusação é de que a chapa tentou comprar a candidatura de um vereador

Por unanimidade, o Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC) cassou, nesta quarta-feira (12), o mandato do prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, e seu vice, Zequinha Lima, ambos do Progressistas.

A chapa é acusada de oferecer dinheiro a um candidato a vereador pelo PSDB nas Eleições municipais de 2016 para que desistisse de disputar o pleito.

PUBLICIDADE

Os gestores serão afastados do cargo a qualquer momento e quem assume a vaga é o presidente da Câmara dos Vereadores, Clodoaldo Rodrigues, do mesmo partido. Ele ficará no cargo até o dia 31 de dezembro, quando o prefeito a ser eleito em novembro assumir o mandato.

O TRE também decidiu que Ilderlei e Zequinha, além do ex-prefeito Vagner Sales (MDB), ficarão inelegíveis por oito anos.

As acusações vieram à tona após denúncia do ex-candidato a vereador em 2016, Clebisson Freire (PSDB), de que duas pessoas supostamente ligadas ao prefeito teriam oferecido R$ 5 mil mais proposta de trabalho para que desistisse de concorrer a uma vaga na Câmara.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up