Rio Branco, Acre,


Poeta acreano Victor Silveira morre aos 21 anos em UTI de São Paulo

Artista lutava contra um câncer no osso do braço esquerdo e teve duas paradas cardíacas

Morreu na tarde desta terça-feira (24), aos 21 anos, o poeta e fotógrafo acreano Victor Silveira Nepomuceno. Ele lutava contra um câncer no osso do braço esquerdo e estava internado em um leito de unidade de terapia intensiva (UTI) de um hospital em São Paulo.

SAIBA MAIS: Corrente quer ajudar a custear tratamento de câncer em poeta acreano que está na UTI, em SP

De acordo com a mãe, o jovem sofreu duas paradas cardíacas à tarde. Há pouco tempo, Victor foi diagnosticado com uma grande quantidade de massa no coração e passaria por exame para verificar se o problema era trombose ou consequência do câncer. Ele já havia amputado o braço esquerdo para evitar complicações da doença no restante do corpo.

Amigos e familiares em luto manifestam nas redes sociais pesar pela morte de Silveira, que ainda não teve causa oficial do óbito divulgada.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up