Rio Branco, Acre,


Naiara Azevedo pede volta dos shows e cobra ajuda de Jair Bolsonaro

A artista ainda criticou os cantores que lamentam a ausência dos palcos, mas não fazem nada para reverter a situação

A cantora Naiara Azevedo usou a sua rede social na noite da última quinta-feira (03) para fazer um apelo e cobrar o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro.

Nos Stories do Instagram, ela pediu o retorno dos shows, que foram cancelados no início da pandemia do coronavírus no Brasil e mandou um recado para Bolsonaro.

“Bolsonaro, meu coleguinha, é tu que representa o Brasil? É tu que manda na porra toda? Pois bem, então quero resolver meu negócio com você. Eu, em nome dos meus amiguinhos artistas que não têm coragem de falar contigo, estamos precisando resolver a nossa situação, bater um ‘lero’. Vamos marcar um encontro? Eu, você e uma galera para resolver isso aí? O que você vai fazer pela gente? Não está dando mais aqui, não. Ou resolve ou resolve”, disparou.

Rolling Stone Country · Naiara Azevedo anuncia live 'Respeita a Minha História' para junho, 4: 'Essa vai ser especial'
Naiara Azevedo. Foto: reprodução

Rafael Cabral, marido de Azevedo, também deu seu posicionamento sobre o caso: “Se a classe artística não se juntar e parar com essa hipocrisia, não vai dar certo. Olha o tamanho do país, esses governantes não ligam para a classe artística. Então, a esses artistas: Parem de ser idiotas, orgulhosos, deem a cara a tapa, digam que suas contas estão atrasadas”.

E completou: “Não tem Covid em nenhum lugar, só em show. Parece até que somos nós que queremos transmitir o vírus para a galera, o vírus está no artista. Os que vão criticar a minha postagem, aposto que se eu entrar no Instagram de vocês vou ver que estão todos em churrasco, barzinho, em todos esses lugares que não pode aglomerar. Então, antes de criticar, coloque a mão na consciência e pense que vocês são um bando de hipócritas”.

Fonte: ISTO É 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up