Rio Branco, Acre,


Pessoa que filmou vídeos em que tio estupra sobrinha com paralisia se entrega à polícia

Vídeos foram descobertos pela enteada do suspeito, uma menina de 12 anos

Uma pessoa, que não teve a identidade e o gênero revelados, se apresentou na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA) na manhã desta sexta-feira (15) em Porto Velho e confessou gravado os vídeos que mostram o tio estuprando a sobrinha, uma adolescente de 14 anos com paralisa infantil.

Entenda‘Cheguei a tremer’, diz delegada após ver vídeos de tio estuprando sobrinha com paralisia

Ao G1, a delegada responsável pela Investigação, Adrian Vieiro, da DEPCA, informou que a identidade da pessoa será mantida em sigilo.

“Já identificamos o coautor. O inquérito já está sendo concluído e apresentado para o judiciário e para o Ministério Público. Quanto a identidade desse outro suspeito, que no entendimento da autoridade policial, foi quem praticou o crime de forma comissiva por omissão, já foi identificada e essa pessoa já foi indiciada pelo crime”, diz.

Em um dos vídeos, a Polícia Civil afirma ser possível perceber uma voz de fundo. Durante a gravação do estupro, essa voz alerta o suspeito sobre a chegada de alguém na casa.

“No final de um dos vídeos tem uma voz. Já tínhamos uma noção, mais ou menos, de quem poderia ser”, diz o delegado Jesus Boabaid.

O delegado explica que exames periciais seriam feitos com o intuito de comparação da voz que foi ouvida em um dos vídeos.

“A pessoa resolveu confessar. Até porque chegaríamos nela através das perícias, da comparação de voz ou ainda de outros vídeos. Era uma questão de tempo até a pessoa aparecesse”.

O crime foi denunciado à polícia, no último final de semana, pela enteada do suspeito, uma menina de 12 anos. Ela havia pedido o celular do suspeito emprestado para utilizar as redes sociais, e quando entrou na galeria de imagens encontrou vários vídeos do suspeito abusando da vítima.

A delegada Adrian Vieira Costa é a responsável pela DEPCA, que investiga o caso. O suspeito do abuso foi preso preventivamente na terça-feira (12) e encaminhado ao Presídio Provisório situado no Urso Branco, em Porto Velho.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up