Rio Branco, Acre,


Representantes do Acre saem sem definição de cronograma de vacinação do MS

Em pauta, estava a cobrança do cronograma de vacinação contra a Covid-19 em todo o país

Foi realizada na terça-feira (5), uma reunião envolvendo representantes e governadores de diferentes estados com o secretário de vigilância do Ministério da Saúde, Arnaldo Medeiros. Em pauta, estava a cobrança do cronograma de vacinação contra a Covid-19 em todo o país.

No entanto, o resultado da conversa não saiu como o esperado. De acordo com a porta-voz do governo, a jornalista Mirla Miranda, a reunião não teve nada definido. “Nada resolvido”, respondeu.

Mas, apesar da falta de resposta dos representantes da MS, o governo definiu que a vacinação no Estado deve ocorrer em março. De início, o governo deve armazenar cerca de 700 mil doses da vacina da Covid-19.

As vacinas que serão enviadas pelo Ministério da Saúde serão para a imunização dos grupos de risco, que são: trabalhadores da saúde, pessoas acima de 60 anos, dividido por fases, além de indígenas, pessoas com comorbidades, forças de segurança e salvamento, trabalhadores da educação, pessoas com deficiências permanentes severas, povos e comunidades tradicionais ribeirinhas, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo, transporte aéreo.

De acordo com representantes da Saúde, as 700 mil doses que serão adquiridas pelo Estado serão utilizadas para vacinar pessoas de 20 a 59 anos. Para que a vacinação ocorra de forma segura e organizada, os profissionais da Saúde de todos os municípios acreanos passarão, desde agora, por capacitação e treinamento, além da criação de estratégias específicas de vacinação em cada cidade.

 

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up