27 C
Rio Branco
10 maio, 2021 9:43 am

SP deve anunciar hoje fechamento do comércio após as 20h e aos fins de semana

POR

“Estamos hoje com uma ocupação de UTI em torno de 71% na média do estado de SP, mas essa média supera o 75% em pelo menos seis regiões do estado de SP”, completou Vinholi.

Ainda segundo o secretário, o estado ampliará nos próximos dias o número de leitos disponíveis na rede.

“Serão 700 novos leitos de UTI colocados em todo nosso território, e também a mobilização para que esses prefeitos possam agir com responsabilidade, aumentando as restrições ao longo desse período.”

Na terça-feira (19), o coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus, Paulo Menezes, já havia adiantado que a piora nas taxas de ocupação de UTI poderia levar ao rebaixamento da Grande São Paulo, que inclui a capital, e da região de Sorocaba.

Cinco municípios da Grande São Paulo já apresentaram índices acima de 80% na última sexta-feira (15). Isso fez com que o governo recomendasse que os prefeitos adotassem medidas da fase vermelha – a mais restritiva – mesmo que a região tivesse sido mantida na amarela.

Segundo a última reclassificação do Plano São Paulo, no dia 15 de janeiro, apenas a região de Marília foi rebaixada oficialmente para a fase vermelha.

Dez regiões estão atualmente na fase laranja, e outras seis, incluindo a Grande São Paulo, na amarela (veja, abaixo, a lista completa e as regras para cada fase).

Mortes e casos em alta

O estado já registra média diária de mortes por Covid-19 acima de 200 há mais de 13 dias seguidos, o que não acontecia desde setembro de 2020.

Tanto os novos óbitos quanto os novos casos de coronavírus estão com tendência de alta. Na terça, SP ultrapassou a marca de 50 mil mortes provocadas pela doença.