21.3 C
Rio Branco
23 maio 2022 12:02 am

Toque de recolher não altera índice de isolamento social no AC na segunda-feira

POR

Última atualização em 26/01/2021 16:01

O início do toque de recolher no Acre não alterou o índice de isolamento social no estado nesta segunda-feira (25), quando 44,6% dos acreanos ficaram em casa ao longo de todo o dia. O número é semelhante ao que vem sendo registrado nas últimas semanas.

Em relação à segunda-feira (18) da semana passada, o índice de isolamento, já sob o toque de recolher, é inferior aos 46,3% registrados. No entanto, supera o da segunda-feira (11) da semana retrasada, de 43,4%, e quase empata com a primeira segunda do ano (4), que teve 44,5% de índice.

Em comparação com os dias anteriores ao início do toque de recolher, o que houve foi uma redução do isolamento. No domingo (24), 57,8% da população ficou em casa. No sábado (23), esse número foi de 50,2%, e na sexta (22), 48,1%. Os dados são da ferramenta InLoco.

Apesar dos índices, a Polícia Militar considerou a primeira noite tranquila e não registrou ocorrências de desobediência ao decreto.

A medida foi imposta pelo governo do estado para frear o avanço da Covid-19 no Acre. Das 22h às 6h os acreanos ficam proibidos de se aglomerarem nas ruas e em ambientes públicos e privados. Para isso, o estado ordenou o fechamento de todos os serviços e atividades não essenciais durante esse horário.

Quadras de esporte, bares, restaurantes, parques, praças e igrejas foram diretamente atingidos pelo decreto, que nasce em meio ao aumento nos casos e mortes por coronavírus no estado e em outras partes do Brasil.

Estabelecimentos comerciais poderão atender somente na modalidade disk-entrega ou pegue e pague. Apenas hospitais, farmácias e postos de gasolina continuam a funcionar sem restrições.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.934 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.