28 C
Rio Branco
12 abril, 2021 6:23 pm

As mulheres de garra e coragem que atuam na linha de frente da pandemia no Acre

POR SECOM

Na infância, as meninas brincam com suas bonecas almejando um dia serem mães. Algumas crescem admirando as super-heroínas dos quadrinhos que lutam para salvar o mundo. Mas, o que na vida adulta descobrem, é que possuem força e coragem para enfrentar qualquer missão, independente do desafio, como estar na linha de frente contra a Covid-19 –, maior crise sanitária e humanitária do planeta, por exemplo.

No maior hospital de campanha do Acre, em Rio Branco, que mais sofre o risco de um possível colapso do sistema de saúde, uma vez que a taxa de ocupação de leitos está sempre no limite, as mulheres são a principal força de trabalho, representando cerca de 90% dos 598 profissionais que atuam no Instituto Nacional de Traumatologia do Acre (Into-AC), segundo a gerente-geral da unidade, Lorena Seguel.

Gerente-geral do Into, Lorena Seguel com parte de sua equipe, grande maioria formada de mulheres. Foto: Cedida.

“São enfermeiras, médicas, fonoaudiólogas, fisioterapeutas, nutricionistas psicólogas, técnicas de enfermagem, farmacêuticas, e várias outras profissionais, todas unidas na mesma missão. Mulheres que também são filhas, mães, esposas, mas que muitas vezes passam mais tempo aqui dentro da unidade, cuidando de outras vidas, do que com suas famílias. Um verdadeiro sacerdócio de se doar completamente com leveza e amor a este trabalho de união que é salvar vidas. Sempre que você vê um paciente chorando, tem uma mulher ao lado dando conforto. Acho que faz parte do instinto feminino. São mulheres de força, fé e muito amor ao próximo, sem desmerecer os homens”, enaltece Seguel ao falar do orgulho que sente de sua equipe.

Estimativas do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS), com base em dados do IBGE, indicam que mulheres representam 65% dos mais de seis milhões de profissionais atuantes no setor público e privado de saúde, em todos os níveis de complexidade da assistência. Em algumas carreiras, como Fonoaudiologia, Nutrição e Serviço Social, elas ultrapassam 90% dos profissionais e em outras, como Enfermagem e Psicologia, representam mais de 80%.

Portanto, no Dia Internacional da Mulher, celebrado neste 8 de março, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) parabeniza todas as mulheres, em especial as que conquistam protagonismo na linha de frente da Covid-19, que arriscam suas vidas para se dedicarem totalmente a pessoas que nem conhecem, fazendo gestão de excelência nas ações de enfrentamento e combate a pandemia.