27 C
Rio Branco
9 maio, 2021 5:58 pm

Caso Jhonliane: STJ mantém prisão de Ícaro Pinto e Alan Lima, acusados pela morte

POR REDAÇÃO CONTILNET

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) negou nesta quarta-feira (31) um pedido da defesa de Ícaro José da Silva Pinto e de Alan Lima, acusados de participar do racha entre veículos que tirou a vida da acreana Jonhliane Paiva, em agosto de 2020.

Ribeiro Dantas, ministro da 5ª Turma do STJ, não aceitou o habeas corpus impetrado e manteve a prisão dois dois. O magistrado entendeu que não cabia recurso na situação.

A dupla está presa também desde agosto, dias após o ocorrido.

Jhonliane estava indo para o trabalho, quando foi atropelada por Ícaro, que estava em sua BMW. Alan competia com ele em um racha, dirigindo seu carro modelo Fusca.

O caso repercutiu em todo o Estado e chamou a atenção das autoridades.