18 C
Rio Branco
8 maio, 2021 5:16 am

Se comprar as vacinas, governador Gladson Cameli poderá garantir sua reeleição

POR RORAIMA ROCHA, PARA CONTILNET

FOCO NA BASE ELEITORAL

Já ouvi algumas pessoas comentando que não conhecem o trabalho da deputada federal Jéssica Sales (MDB) em Rio Branco. É natural! A base política dela e de sua família é no Juruá, portanto a maior parte de suas emendas são destinada àquela região.

INVESTIMENTO NA SAÚDE

Nesta quarta-feira, 10, mais um fruto do seu trabalho chegou a Cruzeiro do Sul, um aparelho de Tomografia Computadorizada foi entregue no Hospital Regional do Juruá. Sua reeleição foi de certa maneira fácil, e isso se deve muito à estratégia política da parlamentar.

GERAÇÃO DE RENDA

Quem começou bem o mandato e está conseguindo, mesmo durante a pandemia, mostrar que quer trabalhar é o prefeito Zequinha Lima (Progressistas), de Cruzeiro do Sul. O gestor quer revitalizar a fábrica de óleo citronela do município que está praticamente abandonada há mais de três anos. A iniciativa aumentará a produção e dará força à cooperativa que cuida do espaço, gerando renda para mais famílias que se juntarão ao projeto.

UM BOM PREFEITO

Um dos municípios mais complicados de se administrar no estado é Porto Acre. Além da sede, a cidade tem cinco vilas e inúmeros ramais. Apesar disso o prefeito Bené Damasceno (Progressistas), vem fazendo um bom trabalho. Com o apoio do governador Gladson Cameli, vem tocando algumas obras de infraestrutura, mantendo a cidade limpa e dando suporte à produção rural, um dos principais setores da economia local. Bené é inteligente, sabe que com pouco dinheiro não tem como inventar muita coisa, o certo é fazer o feijão com arroz.

NO ZERO

A situação da prefeitura de Assis Brasil é precária. Além da Covid-19 e da crise migratatória, em março tiveram o terceiro bloqueio do repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), somando quase R$ 500 mil reais parados. O não pagamento dos encargos sociais das folhas de novembro e dezembro do ano passado é o motivo. A ausência de um boa gestão na administração passada está refletindo na atual, e quem paga, como sempre, é o povo.

BOLSONARO DE MÁSCARA

A possibilidades de Lula disputar as eleições em 2022 já trouxe um benefício concreto à população. O presidente Jair Bolsonaro, que não usava máscara desde o dia 3 de fevereiro passado, apareceu em evento oficial trajando o equipamento. “Eficácia dessa máscara é quase nenhuma”, disse ele em evento recente.

LIDERANÇA

O deputado Pedro Longo (PV) foi oficializado como novo líder do Governo na Assembleia Legislativa e, de quebra, já formou um novo bloco na Casa, junto com PTB e PDT, dos deputados Marcos Cavalcante e Luíz Tchê, respectivamente.

PREVENIDO

Algumas figuras do cenário político acreano sempre nos deixam curiosas quando as encontramos. O ex-deputado Narciso Mendes é uma destas. Sempre elétrico, passou por mim e mais duas colegas na manhã de ontem e parou para um bate papo rápido. O empresário estava radiante pois tomaria a segunda dose da vacina e fez questão de dizer que seguirá usando suas DUAS máscaras (sim, ele usa uma em cima da outra) para que as pessoas que passam por ele sigam lembrando de usar.

BOCALÂNDIA EM RIO BRANCO

Se o Prefeito Tião Bocalom conseguir, até o ano que vem, construir mesmo 1000 casas para famílias atingidas pela enchente, como pretende, já terá uma grande obra para chamar de sua. O primeiro passo ele já deu, se reuniu com a Caixa, que é quem tem a bufunfa.

CRIANDO EXPECTATIVA

Se tem uma coisa que o governador Gladson Cameli faz bem é criar expectativa na população. Desde seu anúncio sobre a possibilidade de compra de 2 milhões de doses de vacina, já ouvi os mais diversos comentários e, pasmem, sempre positivos. Ontem foi do dono de um famoso restaurante da cidade, “se ele comprar mesmo, pode tirar férias até as eleições, por quê já ganhou. Digo mais: voto e peço voto”.

ESPERANÇA DO COMÉRCIO

A verdade é que a economia está definhando por conta da pandemia. Trabalhadores e empresários têm muita esperança que a vacina chegue, para todos, o mais breve. Até aqueles que criticavam as medidas de segurança mais restritivas para o próprio comércio, já baixaram a guarda e se somam aos que defendem a vacinação em massa.

COM A FACA E O QUEIJO

Gladson, durante toda crise esteve do lado certo, o da ciência. Não se uniu aos negacionistas. Se de fato conseguir o que planeja, realmente estará com tudo para garantir sua reeleição.

PRECISA TER PRESSA

O Secretaria Estadual de Saúde precisa se apressar e buscar alternativas o quanto antes para evitar o desabastecimento de oxigênio dos hospitais. Com o pico no número de infectados e a lotação das UTI’s, esse é um risco iminente. Se o secretário Alysson se preparar antecipadamente, evitará que o Acre passe pelo mesmo que o Amazonas passou.

SEM CRÍTICAS

Um dos órgãos mais eficientes no Acre é a Defensoria Pública. Apesar do número reduzido de defensores, a equipe consegue manter a fila de antendimento em tamanho aceitável, consequentemente, a resolução das demandas são mais ágeis. Isso é fruto de seguidas boas gestões de sucesso. Quem está no comando agora é a Dra. Simone Santiago.