26 C
Rio Branco
21 abril, 2021 11:38 am

Grupo da morte? São Paulo pode formar chave com até oito títulos na Libertadores de 2021

POR GE

O São Paulo pode formar um grupo com até oito título na Libertadores desta temporada.

Com a definição do último classificado do Uruguai, na última quarta-feira, já se conhecem todos os times que poderão enfrentar o Tricolor no torneio continental.

Sem o Peñarol – a última vaga uruguaia ficou com o Rentistas –, o São Paulo garantiu status de cabeça de chave no sorteio programado para o próximo dia 9 de abril. A definição se dá pela colocação no ranking da Conmebol.

Os quatro potes do sorteio estão formados, e o que resta saber, agora, é quais os quatro times que avançarão da fase preliminar – e que só serão conhecidos depois do sorteio, já que as partidas de volta acontecem entre os dias 13 e 15 de abril.

Os grupos serão formados por um time de cada pote. E os potes ficaram assim:

Pote 1

Palmeiras
Flamengo
São Paulo
Boca Juniors (ARG)
River Plate (ARG)
Cerro Porteño (PAR)
Olimpia (PAR)
Nacional (URU)

Pote 2

Atlético-MG
Internacional
Defensa y Justicia (ARG)
Racing (ARG)
Universidad Católica (CHI)
Independiente Santa Fé (COL)
LDU (EQU)
Barcelona de Guayaquil (EQU)

Pote 3

Fluminense
Argentinos Juniors (ARG)
Vélez Sarsfield (ARG)
The Strongest (BOL)
América de Cali (COL)
Sporting Cristal (PER)
Universitario (PER)
Deportivo Táchira (VEN)

Pote 4

Always Ready (BOL)
Unión La Calera (CHI)
Rentistas (URU)
Deportivo La Guaíra (VEN)
Libertad (PAR) ou Atlético Nacional (COL)
Independiente del Valle (EQU) ou Grêmio
Bolívar (BOL) ou Junior Barranquilla (COL)
San Lorenzo (ARG) ou Santos

Segundo o regulamento da Libertadores, clubes de um mesmo país não podem ficar no mesmo grupo – a exceção é se uma das equipes vier das fase prévias, o que significa que Santos ou Grêmio podem disputar a fase de grupos contra o São Paulo.

Dessa forma, uma possibilidade é o Tricolor enfrentar apenas rivais que já foram campeões do torneio, como LDU (um título), Vélez Sarsfield (um título) ou Argentino Juniors (um título) e Grêmio (três títulos) ou Santos (três títulos).

Curiosamente, na Libertadores de 2020, o São Paulo caiu num grupo de oito títulos. No ano passado, porém, o time não era cabeça de chave.

Os duelos foram contra River Plate (quatro taças) e LDU (uma taça), além do Binacional, do Peru, estreante no torneio. O time então sob comando de Fernando Diniz fez campanha ruim e não avançou às oitavas de final.

(Foto: Staff Images / CONMEBOL)