27.3 C
Rio Branco
18 maio, 2021 11:48 am

Tribunal de Contas do Acre condena ex-gestores da Cohab a devolverem mais de R$ 7 milhões

Os dois têm o prazo de 30 dias para a devolução do valor

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

O ex-gestor da Companhia de Habitação do Acre (Cohab), Carlos Alberto Santiago de Melo, foi condenado pelo Tribunal de Contas (TCE) a pagar R$ 7.360.546,56 ao Estado, após irregularidades constatadas nas contas de 2016, quando ele estava à frente da pasta.

A diretora administrativa-financeira da Companhia, Arnete Souza Guimarães Batista, também foi condenada.

Foram constatados ausência de comprovação do valor de R$ 7.258.813,82, lançados na conta Juros/Correção Monetária, referente à correção do valor principal do contrato 94/0010-7; além de não comprovação do pagamento de auxílio alimentação, de contabilização das despesas com estagiários, de recolhimentos de INSS e de detalhamento das movimentações ocorridas no exercício referentes às receitas, despesas, admissões de pessoal e programas de governo.

Os dois têm o prazo de 30 dias para a devolução do valor.

O conselheiro José Ribamar Trindade de Oliveira foi o relator do processo. O Ministério Público do Acre (MPAC) foi acionado pelo TCE sobre o caso.