28 C
Rio Branco
6 maio, 2021 3:54 pm

O experimento na Espanha para reduzir jornadas de trabalho a 4 dias por semana

Experimento vai reduzir jornada semanal de 40 para 32 horas

POR ÉPOCA NEGÓCIOS

Trabalhar menos ganhando a mesma coisa. Fins de semana de três dias.

A Espanha busca voluntários em centenas de empresas para um experimento que pode jogar luz sobre como será o futuro das relações de trabalho – especialmente após a pandemia de covid-19.

A proposta, feita pelo partido de esquerda Más País, é testar em pequena escala o que acontece com a produtividade das empresas quando seus funcionários trabalham apenas 32 horas por semana, em vez das 40 habituais.

Isso significa uma redução de 5 para 4 os dias em que a equipe de fato trabalha – sem, contudo, que haja uma diminuição proporcional do salário.

“O fato de que essa ideia seja desenvolvida como um experimento piloto já é algo positivo. Esse é o padrão-ouro para avaliar o sucesso de políticas públicas”, explica Carlos Victoria, economista e pesquisador do Centro de Políticas Econômicas da Esade, escola de negócios com sede na Espanha.

À primeira vista, poderia-se supor que o funcionário que trabalha menos horas vai produzir menos pelo simples fato de que sua jornada fica mais curta.

Experiências anteriores, contudo, apontaram que, após um período de transição, o bem-estar dos trabalhadores aumenta e tem início uma cadeia de efeitos positivos com reflexos sobre a produtividade, diz Victoria.

“O que está acontecendo nas empresas que já tentaram reduzir a jornada de trabalho é que isso se torna um mecanismo de atração de talentos. Os trabalhadores preferem ir para empresas com melhores condições para trabalhar”, diz Héctor Tejero, coordenador do projeto Más País, enumerando outro dos efeitos secundários observados.

Leia mais em Época Negócios, clicando AQUI.