30.3 C
Rio Branco
17 junho, 2021 6:26 pm

Pandemia faz homem viver 14 meses sozinho em hotel cinco estrelas em Nova Iorque

Sua programação diária envolve acordar às 5h30 e fazer uma variedade de tarefas domésticas como separar a correspondência

POR ISTO É

Quando a cidade de Nova Iorque entrou em bloqueio por conta da pandemia do coronavírus, os bombeiros obrigaram as propriedades a manter uma pessoa no local em caso de problemas.

Para o hotel Chatwal de cinco estrelas em Midtown, em Nova Iorque, essa pessoa se tornou Robert Mallia, um solteiro de 36 anos e sem filhos.

Mallia vive sozinho no hotel de 76 quartos. Com todos os 59 membros da equipe do hotel ausentes, Mallia ficou responsável por limpar a própria sujeira. Para comida, ele confiava principalmente em comida para viagem.

Sua programação diária envolve acordar às 5h30 e fazer uma variedade de tarefas domésticas como separar a correspondência, procurar vazamentos e outros problemas de manutenção.

Uma vez por semana, ele dá descarga em todos os banheiros do prédio; duas vezes por mês, ele liga todos os chuveiros e pias por 10 minutos.

Seus únicos companheiros são um rodízio de seguranças e o engenheiro-chefe do prédio, que faz visitas semanais para confirmar o cumprimento do código de incêndio.

O isolamento pode estar chegando ao fim. Com o avanço da vacinação e o relaxamento nos protocólos de segurança, os outros hotéis do proprietário começaram a reabrir este mês, e o Chatwal provavelmente seguirá o exemplo em breve.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.