21.3 C
Rio Branco
18 junho, 2021 10:36 pm

‘Quem não deve, não teme’, diz Neri ao aceitar dar esclarecimentos na ‘CPI do Led’

“Quem não deve, não teme”, diz ex-prefeita de Rio Branco

POR LEANDRO CHAVES, DO CONTILNET

A ex-prefeita de Rio Branco Socorro Neri (PSB) aceitou o convite dos vereadores para participar da audiência pública, na próxima segunda-feira (31), sobre o atraso na execução do projeto de iluminação das ruas da cidade com lâmpadas de LED.

O vereador Emerson Jarude (MDB) tem encampado um movimento na Câmara pedindo a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os motivos pelos quais ainda há ruas às escuras mesmo após esgotar o prazo de 180 dias dado pela antiga gestão para que todas as ruas da capital estivessem com nova iluminação.

“Ainda não recebi o convite, mas desde já aceito e agradeço aos vereadores por decidirem me convidar para uma audiência pública sobre o projeto da iluminação pública em LED”, disse Neri, por meio de nota.

“Na entrevista que concedi ao jornalista Gabriel Rotta, do Gazeta Entrevista, na última sexta-feira (21), manifestei meu compromisso em esclarecer as dúvidas e questionamentos a respeito desse e de qualquer outro assunto. Como já diziam nossos avós, ‘quem não deve, não teme’”, continua a ex-prefeita.

Também foram convidados a prestar esclarecimentos o ex-secretário da Zeladoria, Kellyton Carvalho, e o atual, Joabes Lira.

Na semana passada, Neri já havia explicado publicamente a situação. De acordo com ela, dos R$ 33,5 milhões contratados pela empresa Consórcio Ilumina Rio Branco, 67,2% foram aplicados até o final da sua gestão para a instalação de 23,6 mil pontos de iluminação pública (61,3% do total).

A ex-prefeita afirma ainda que deixou quase R$ 11 milhões em caixa para que a atual gestão tocasse a conclusão do projeto junto à empresa. Restariam 14,9 mil pontos a serem instalados.

“A partir de 1º de janeiro deste ano, o projeto deveria ter sido retomado, evitando prejuízos à população de Rio Branco, que até o momento está sem os serviços”, disse.

A reportagem entrou em contato com a prefeitura, por meio da Diretoria de Comunicação, para saber como anda a execução do Projeto de Modernização e Eficientização do Parque de Iluminação Pública de Rio Branco, mas até o fechamento desta reportagem não obteve retorno.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.