20.3 C
Rio Branco
21 junho, 2021 11:23 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Serial Killer que matou jovem de Campo Grande é preso em Curitiba

Homem acusado de matar campo-grandense e mais duas vítimas é preso

POR LÚCIO BORGES - CORRESPONDENTE MS

CAMPO GRANDE (MS) – O paranaense considerado serial killer, José Tiago Correia Soroka, foi preso no início da manhã deste sábado (29), pela Polícia Civil do Paraná. Ele é acusado de matar ao menos três homens, incluindo o jovem estudante de Campo Grande, Marcos Vinícios Bozzana da Fonseca, de 25 anos, no começo de maio em Curitiba. O assassino vinha sendo procurado pela policia, que havia divulgado sua identidade e retrato falado.

José Tiago, foi preso no início da manhã de hoje pela PC-PR, após buscas que se iniciaram na noite desta sexta-feira (28) com denuncia de sua localização. A imprensa de Mato Grosso do Sul, e o ContilNet repercutiram nesta semana que o Maníaco se tornando serial killer com ‘gosto de matar’ era quem matou estudante de Campo Grande.

Conforme a PC-PR, o acusado é identificado ou foi considerado um serial killer, devido a outros crimes com modus operandi parecidos, cometidos em pouco espaço de tempo e com pessoas de perfil pré-definidos. E a principio há conotação de homofobia, porque só foram homens gays e que morasse sozinho. A vítima da Capital era estudante na PUC (Pontifíca Universidade Católica), de Curitiba e foi encontrado morto no apartamento em que residia sozinho.

Conforme informações do G1 Paranaense, a prisão foi realizada após informação dada a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), sobre o paradeiro do criminoso na noite de ontem (28).

Foto: divulgação PC-PR

Observado após ser achado

Tiago foi então monitorado e ao ser surpreendido pelos policiais na manhã de hoje (29), em um bairro da periferia de Capão Raso, em Curitiba, não ofereceu resistência à prisão.

Segundo as investigações, o serial killer agia través de aplicativos de relacionamento, utilizando perfis fakes para seduzir as vítimas. José Tiago cometeu um crime por semana entre os dias 16 de abril e 11 de maio, fato que desperto a atenção da polícia.

Os assassinatos aconteceram em Curitiba, no Paraná, e em Abelardo Luz, no estado de Santa Catarina. “O indivíduo é responsável pelas mortes de David Júnior Alves Levisio, ocorrida no dia 27 de abril e Marco Vinício Bozzana da Fonseca, morto no dia 4 de maio, ambas na capital paranaense. Ele também é suspeito do latrocínio de Robson Olivino Paim, no dia 16 de abril, em Abelardo da Luz (SC)”, aponta a PC-PR.

A PC-PR, revelou também, que ainda no dia 11 de maio, o homem tentou matar mais um homossexual, no bairro Bigorrilho, em Curitiba. Na ocasião, a vítima conseguiu resistir ao ataque, mas teve alguns bens subtraídos.

Esta quarta vítima conseguiu sobreviver ao ataque, onde durante tentativa de homicídio, o homicida teria confessado gostar de matar. “Eu sou o Coringa! Eu sou louco, gosto de matar”, revelou a vítima, o que teria escutado do agressor.

Retratos falados divulgado pela PC-PR

Com informações site PC-PR

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.