25.9 C
Rio Branco
23 julho, 2021 8:28 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Covid mata mais 48 neste sábado e chega a 322.445 casos positivos em MS

São 48 mortes registradas nas últimas 24 horas, fazendo MS chegar a 7.767 óbitos pela Covid

POR LÚCIO BORGES ORTEGA - CORRESPONDENTE MS

CAMPO GRANDE (MS) – O boletim epidemiológico divulgado neste sábado (19), registra mais 1.240 novos casos em Mato Grosso do Sul, pela infecção do Coronavirus, que entraram na contagem de ontem para hoje. O Estado soma, agora, 322.445 casos confirmados da doença, segundo os dados divulgados pela SES (Secretaria Estadual de Saúde). Os jovens são os “destaque” novamente hoje, entre mais 48 mortes registradas nas últimas 24 horas, fazendo MS chegar a 7.767 óbitos pela Covid-19.

As UTIs continuam cheias, mas até que reduziram um pouquinho a super lotação e baixou ou ficou nos 100%, que vem acima registrados a mais de 20 dias. De acordo com números, se for levado em conta o atendimento por macrorregião, os índices são mais preocupantes.

Na área de atendimento Campo Grande, que engloba outros 34 municípios, o percentual chega a 99%; em Dourados, 95%, Três Lagoas, 90% e Corumbá, 100%. Os dados indicam também a alta taxa de ocupação de leitos públicos de UTI. Para pacientes adultos, dos 452 disponíveis, apenas um não estava ocupado até divulgado dos dados, o que representa taxa de ocupação de 100%. Nas instituições privadas, 127 dos 147 estão sendo utilizados, taxa de 86%.

O boletim em destaque só de Campo Grande, tem 114.037 infectados pela doença, 467 a mais do que o divulgado até ontem. Na Capital, foram 3.163 mortes pela doença, taxa de letalidade de 2,4%.

Jovens morrendo

Ontem registramos que entre os mortos, tinha um jovem de apenas 17 anos. Já hoje, entre as 48 morte relatadas no boletim, há caso de mulher de 38 anos, de Bonito, que não tinha qualquer comorbidade relatada, que teve a doença notificada no dia 17 de maio e morreu  no dia 16 de junho.

Outra mulher, também de 38 anos, também não apresentava doença. Teve covid confirmada no dia 18 de abril e morte atestada no dia 8 de maio.

Os dados repassados no fim desta manhã, mostram que a um bom tempo, a idade dos que vem perdendo a vida, está na maior parte, de pessoas jovens, bem abaixo de 60 anos.

De acordo com a SES, até hoje, já são 12 pacientes com 18 anos ou menos, que faleceram em MS.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.