20.3 C
Rio Branco
17 junho, 2021 8:59 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

De saída do PP para o PSL, Alysson deixa Sesacre e deve assumir Articulação Política

POR THIAGO CABRAL, DO CONTILNET

De saída

Já é dada como certa a saída do atual secretário de Saúde do Estado, Alysson Bestene, da pasta. A ideia do governador Gladson Cameli é que Bestene atue nos bastidores, assumindo a Articulação Política do Governo junto com Moisés Diniz.

Vai assumir

Quem está bem cotada para assumir a Saúde com a saída de Bestene é a atual secretária adjunta da pasta, a Dra. Paula. Médica respeitada e com bom trânsito na categoria médica, é um ótimo nome.

Desenhando 2022

Por falar em Alysson, ele está de saída do PP e vai para o PSL. Com o movimento, o governador garante mais um partido na base para compor a sua chapa para a reeleição, em 22.

Veloso

Quem também está de malas prontas para se filiar ao PSL é o médico oftamologista Eduardo Veloso, que é primeiro suplente do senador Márcio Bittar (MDB).

Viva na disputa

Para a disputa ao senado, a legenda quer emplacar Márcia Bittar, ex-esposa do senador Márcio Bittar.

Aquisição de peso

O PSL é (junto com o PT) o partido com mais tempo de TV e com a fatia mais gorda do Fundo Eleitoral. Só nas eleições para prefeitos e vereadores, no ano passado, o montante beirou a casa dos R$ 200 milhões. É uma ajuda em tanto para Gladson.

Nada feliz

Quem não deve ter gostado nem um pouco desse desembarque do PSL na base do governo é o vice-governador Major Rocha, que foi para o PSL em meados do ano passado e faz oposição ao Executivo estadual.

Caminho inverso

Na contramão do que deve fazer o secretário de Saúde Alysson Bestene, que vai trocar o PP pelo PSL, está o Coronel Ulysses, que vai fazer o caminho inverso: trocar o PSL pelo Progressistas. Terceiro lugar nas eleições para o Governo do Estado em 2018, o militar quer agora uma vaga na Câmara Federal.

Viva na disputa 2

A senadora Mailza Gomes (Progressistas) também quer a vaga do senado e tem trabalhado para viabilizar seu nome. Na manhã desta terça (1), a senadora recebeu o governador em seu gabinete em Brasília, que foi só elogios. “O seu trabalho tem sido percebido nos quatro cantos de nosso Acre”, disse Cameli.

Socorro fora?

Na semana passada a direção estadual do PSB emitiu uma nota afirmando que vai disputar as eleições majoritárias do ano que vem, ou seja, senado e governo estadual. Na nota, foram citados apenas os nomes do deputado estadual Jenilson Leite e do ex-deputado federal César Messias. Socorro Neri, ex-prefeita da Capital, está fora da disputa?

Um pé fora

A nota pode ser interpretada como um recado. Aliada do governador Gladson Cameli, mas filiada a um partido que não está na base governista, o aviso pode ser um convite para a saída da secretária estadual de Educação do ninho socialista.

Negou

O deputado estadual pelo PT, Jonas Lima, negou que esteja na base governista, após especulações de que estaria de conchavos com o governador depois de tirar seu nome da CPI da Educação. Em Sessão virtual da Alec, cravou: “Eu tenho caráter!”; mas não explicou os motivos pelos quais tirou seu nome da lista de parlamentares pró-CPI.

Fura-fila

O Projeto de Lei do deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB), que queria punir o servidor público que colaborasse com os fura-filas da vacina contra a Covid foi vetado pelo governador Gladson Cameli. Edvaldo acredita que o veto foi retaliação política por ter assinado o pedido de abertura da CPI da Educação.

Em defesa

A vereadora da Capital, Michelle Melo (PDT), saiu em defesa da psicóloga Sara Braga, que diz ter sido hostilizada por um funcionário de um posto de saúde ao tentar realizar um protesto pacífico enquanto se vacinava contra a Covid-19. “É inaceitável que ainda tenhamos que presenciar situações como a da Sara, onde o machismo e a falta de preparo para atender o cidadão falam mais alto”, disse a vice-presidente da Câmara Municipal.

Apelo

O líder do governo na Aleac, o deputado Pedro Longo (PV), fez um apelo na Sessão desta terça (1). O parlamentar afirmou que a procura pela vacina pelos grupos prioritários ainda está baixa e pediu aos colegas que incentivem as pessoas que podem ser imunizadas a tomarem a vacina. “Nós temos como vencer esse vírus, se nos unirmos. Vacinas salvam vidas”.

Só bebe leite

Em entrevista a um site local, o governador Gladson Cameli disse que está ‘aposentado’ da vida boemia. Segundo o mandatário, já faz dois anos que não molha mais o bico.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.