32.3 C
Rio Branco
4 agosto 2021 2:02 pm

Gladson diz que está “namorando” Bocalom para ter apoio do prefeito em 2022

“Eu estou aberto a dialogar com todos, até mesmo com o meu vice [referindo-se a Major Rocha]”

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

A relação entre o prefeito Tião Bocalom (Progressista) e o governador Gladson Cameli (do mesmo partido) tem se estreitado ainda mais nos últimos dias, sinalizando uma possível união em 2022.

O chefe do executivo municipal de Rio Branco foi conduzido ao cargo de vice-presidente estadual do Progressistas, nesta segunda-feira (14), na chapa encabeçada pela senadora Mailza Gomes, que é a atual presidente.

Nesta terça-feira (15), durante cerimônia de aniversário dos 59 anos do Acre, ao ser questionado sobre o possível apoio de Bocalom na disputa pela reeleição em 2022, Gladson disse que está “namorando” o colega de partido.

“Estou namorando o Bocalom, paquerando ele aos poucos, dialogando. Eu quero o apoio dele”, disse o governador.

Cameli voltou ao Progressistas ainda no início desse ano, depois que decidiu se afastar da sigla para apoiar a ex-prefeita Socorro Neri – principal adversária de Bocalom – em 2020, nas eleições municipais.

O cenário ainda indefinido sobre o apoio de Bocalom a Gladson se dá por conta da possível candidatura do senador Sérgio Petecão ao governo. O parlamentar do Partido Social Democrático (PSD) foi um dos principais apoiadores do prefeito da Capital no último pleito.

O fato é que Mailza e todo o diretório do Progressistas se preparam para reeleger o atual governador em 2022.

“Eu estou aberto a dialogar com todos, até mesmo com o meu vice [referindo-se a Major Rocha]”, finalizou Cameli.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.