30.3 C
Rio Branco
14 junho, 2021 5:14 pm

Movimentos realizam mobilização em Rio Branco pedindo justiça pela morte de crianças negras

O evento será nesta quarta-feira (2), na esquina da Alegria, próximo ao Palácio Rio Branco, às 7h

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

O Movimento Negro Unificado no Acre (MNU/AC) e Coalizão Negra por Direitos realizam nesta quarta-feira (2) uma mobilização em Rio Branco pedindo justiça pela morte do menino Miguel Otávio – que caiu do 9º andar de um prédio no Recife – e pela vida de todas as crianças negras.

O evento será na esquina da Alegria, próximo ao Palácio Rio Branco, às 7h, com o cumprimento dos protocolos de segurança. O movimento é nacional.

Nesta quarta, se completa um ano da tragédia que resultou na morte de Miguel. Sarí Corte Real, ex-primeira dama de Tamandaré, cidade no litoral sul de Pernambuco, era a responsável pela criança de apenas 5 anos, enquanto a mãe, Mirtes Renata, ex-empregada doméstica, passeava com o cachorro da ex-patroa. Miguel foi deixado no elevador por Sarí. Com a morte do menino, ela pagou uma fiança de 20 mil reais e está aguardando o julgamento em liberdade.

“E se fosse ao contrário? Sabemos bem como o racismo opera na sociedade e no judiciário brasileiro. Precisamos questionar e tensionar sobre o racismo estrutural que impera nas instituições e instâncias de poder”, diz um trecho do documento encaminhado pelo MNU à reportagem do ContilNet.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.