23.3 C
Rio Branco
25 julho, 2021 7:51 am

Pouco mais de 29 mil foram vacinados contra a gripe em Rio Branco; veja calendário

A coordenadora garantiu que o público em geral, fora dos grupos prioritários, será imunizado a partir do dia 9 de julho

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

A procura pela vacina contra a influenza (gripe) ainda é baixa em Rio Branco, de acordo com a Vigilância Epidemiológica da capital acreana.

Desde que a campanha nacional de imunização iniciou, no último dia 12 de abril, pouco mais de 29 mil pessoas foram vacinadas em toda a cidade.

Está é a 3ª fase da ação, que está destinada a alguns grupos prioritários, a saber: pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; pessoas com deficiência permanente; forças de segurança e salvamento e forças armadas; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade; idosos com 60 anos ou mais; profissionais da Educação e da Saúde; povos indígenas; e gestantes e puérperas.

“Diferente do cenário registrado no ano passado, a busca pela vacina contra influenza está muito baixa nesse ano de 2021, mesmo com a divulgação da campanha nacional”, disse a coordenadora do órgão municipal de vigilância, Socorro Martins.

A realização paralela da campanha de imunização contra a covid-19 seria um dos fatores que diminuem a procura pela vacina contra a influenza. “As pessoas estão mais concentradas na covid-19 do que na influenza, com toda razão, mas é importante que a população se vacine contra o coronavírus e também contra a influenza”, continuou Martins.

A coordenadora garantiu que o público em geral, fora dos grupos prioritários, será imunizado a partir do dia 9 de julho, de acordo com o calendário divulgado pelo Ministério da Saúde (MS).

Os interessados e aptos a serem vacinados podem procurar qualquer Unidade Básica de Saúde  (UBS) da Capital ou as Unidades de Referência de Atenção Primária (Uraps) – com exceção da Roney Meireles e da Policlínica Barral y Barral.

As pessoas que foram imunizadas recentemente contra o coronavírus e desejam tomar a vacina contra a influenza precisam aguardar o prazo mínimo de 14 dias entre uma dose e outra, como indica o MS.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.