24.3 C
Rio Branco
17 junho, 2021 8:39 pm

Secretário de Gladson e deputado do PT batem boca sobre sucateamento de órgãos

"Fui no plantio de café dele e ele nem lá estava para nos receber. Uma tremenda falta de educação", disse Junqueira sobre o parlamentar

POR TIÃO MAIA, DO CONTILNET

Cego, surdo e mudo por 20 anos. Este teria sido o comportamento do deputado Jonas Lima (PT) durante os cinco mandatos consecutivos de governadores de seu Partido, de 1998 a 2018, quando ele não só foi silente como omisso em relação à falta de produção agrícola e outras mazelas registradas nas duas décadas da chamada Era PT.

Esta é a opinião do secretário de Estado de Produção e Agronegócio (Sepa), Neném Junqueira, manifestada em relação ao parlamentar. Junqueira manifestou-se ao responder um duro pronunciamento de Jonas Lima na sessão remota da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) na última quarta-feira (2). Jonas Lima apontou falta de ações concretas do setor produtivo do governo na região do Juruá, onde está a base eleitoral do parlamentar.

Deputado petista Jonas Lima/Foto: Arquivo

Nenê Junqueira disse que o petista que agora o critica passou 20 anos dos governos da Frente Popular “cego, surdo e mudo”, sem questionar a falta de investimentos no setor produtivo. “Ele reclama a falta de técnicos para o setor. Mas isso não é culpa do governo Gladson Cameli. É culpa do governo da qual ele fez parte durante 20 anos que sucateou a Emater e outros órgãos”, disse Junqueira. “Nós estamos tentando reaparelhar com recursos do Ministério da Agricultura. Acabaram com a Emater e o deputado ficou cego, surdo e mudo. Nesses 20 anos ele não abriu a boca para reclamar”, acrescentou.

Nenê Junqueira visitou um plantio de café no município de Mâncio Lima, de propriedade do deputado. “Fui no plantio de café dele e ele nem lá estava para nos receber. Uma tremenda falta de educação. Não vi nada que ele fez pelo município. Vi o plantio dele particular. Eu não sei o que ele faz pela produção do Município”, disse o secretário.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.