30.3 C
Rio Branco
21 julho, 2021 1:14 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Seis suspeitos são presos ou identificados após ‘noite de terror’ em Ivinhema

Após prisões se ratificou a retaliação quanto ações e prisões pela 'Narco  Brasil'

POR LÚCIO BORGES ORTEGA - CORRESPONDENTE MS

IVINHEMA (MS) – O fato noticiado pela manhã de sábado (26) em Após ação contra tráfico, casas e veículos são incendiados em cidade de MS , teve continuidade na cidade de Ivinhema com a prisão de cinco pessoas suspeitas de provocar a ‘noite de terror’ entre está sexta-feira e madrugada de hoje, no pequeno município de MS, a 284 km de Campo Grande. Todas as ações estão sendo investigadas pela PC-MS (Polícia Civil de MS), mas tudo aponta ser ‘vingança’ devido a ‘Operação Narco Brasil’.

Como relatamos na matéria anterior, houve até um ferido entre as ocorrências e após prisões se ratificou a retaliação quanto ações e prisões pela ‘Narco  Brasil’. Hoje, no decorrer do dia, a PM-MS (Polícia Militar de MS) prendeu cinco suspeitos e um sexto identificado como responsáveis por atearem fogo em três residências e quatro veículos na cidade de Ivinhema, entre a noite de ontem (25) e a madrugada de hoje (26), após o fim da Operação deflagrada pela PC na quinta-feira (24).

Populares relataram que uma pessoa, em atitude suspeita, foi flagrada por câmeras de segurança, saindo do imóvel, localizado na Rua Remulo Guariente, onde iniciaram os incêndios. O identificado era um jovem de 18 anos, detido pelos bombeiros, quando passava em frente ao quartel da corporação.

O rapaz confessou autoria nos incêndios, com apoio de um comparsa, também de 18 anos, que foi encontrado e preso por uma equipe da PM. Ele ainda contou que os atos criminosos foram praticados a mando de um homem de 26 anos, como forma de retaliação a prisão de sua irmã, em operação da Polícia Civil.

Um dos quatro carros destruídos (Foto: Ivinoticias/Divulgação)

Completou o grupo

Não foi divulgado ainda nenhum dos nomes dos envolvidos, mas o primeiro jovem de 18 preso,  além do outro de 18 anos e do mandante, ele delatou a participação de outra duas pessoas, sendo localizada uma delas, com idade de 26 anos.

Já o mandante foi preso por outra equipe da PM, no final da manhã deste sábado, no Residencial Solar do Bosque. No momento da prisão, tentou fuga, mas acabou capturado. Segundo a PM, o autor tem vasta ficha criminal e também exerce a função de liderança de facção criminosa na cidade.

Os criminosos podem responder por incêndio, tentativa de homicídio entre outros delitos. As investigações continuam para identificar e prender mais suspeitos.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.