30.3 C
Rio Branco
18 setembro 2021 11:18 am

Azulou! Sincon e Comando da PM revelam detalhes sobre novo fardamento e prazo de mudança

POR ASCOM

Última atualização em 29/07/2021 16:18

A presidente do Sindicato das Indústrias de Confecções e Correlatas do Estado do Acre (Sincon), Raimunda Holanda de Paula, fez uma visita na manhã desta quinta-feira, 29 de julho, ao Comando da Polícia Militar do Acre (PMAC). Na oportunidade, ela conheceu o novo fardamento da corporação, que mudará da cor caqui para azul escuro, chamado internamente de “azulão”.

Acompanhada da empresária Maria Eliza e do executivo sindical, Mozani Mariano, Raimunda Holanda foi recebida pelo comandante-geral da PM, coronel Paulo César Gomes, e pela primeira-tenente, Katianne Antoniete, que deram detalhes sobre a mudança no uniforme. “Estamos finalizando o regulamento com todos os uniformes que serão utilizados pela instituição, com imagens e breve descrição e, posteriormente, será elaborada a descrição técnica de cada fardamento, contendo medidas, tecido, coloração, bolso e tudo que estiver previsto no regulamento”, destacou Antoniete.

O Regulamento de Uniforme (RU) deve ser publicado até setembro e o fardamento operacional, que é o mais utilizado pelos militares, deve ser licitado até o fim deste ano. O comandante diz que a mudança fará a PM do Acre voltar às raízes com a cor histórica do fardamento.

Segundo a presidente do Sincon, o setor ficará atento ao processo de mudança do fardamento da PM e destacou que há uma política de incentivo à indústria local que pode ser usada para garantir a participação das malharias do estado na confecção desses uniformes. “É algo que pode aquecer o nosso segmento e gerar empregos. Vamos acompanhar todos os trâmites e esperamos que nossas indústrias, que têm totais condições e qualidade para executar esse serviço, sejam contempladas”, ressaltou a empresária.

Fotos:

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.