17.3 C
Rio Branco
21 julho, 2021 8:16 am

Bocalom diz que não cogita afastar Frank: “Querem desestabilizar minha gestão”

"O que foi denunciado está sendo investigado com o processo administrativo, e pronto", finalizou.

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, comentou nesta terça-feira (13) com a reportagem do ContilNet a repercussão dos supostos casos de assédio envolvendo o secretário de Saúde da sua gestão, Frank Lima.

Ao ser questionado sobre o que faria com a indicação de alguns dos vereadores da Câmara de Rio Branco, que propuseram o afastamento de Lima do cargo, até que as investigações sejam finalizadas, o prefeito disse que não irá acatar o pedido.

“O Frank continua no cargo, porque está exercendo um bom trabalho e não tem nada provado sobre essas acusações. Não vou acatar pedido de afastamento dele”, respondeu.

De acordo com Bocalom, a oposição no parlamento mirim quer desestabilizar seu governo.

“Não vou fazer o que a oposição quer: desestabilizar minha gestão. Não tem nada provado sobre isso que foi denunciado até o momento. Enquanto isso, Frank é secretário e inocente”, continuou.

Bocalom disse que o PAD (processo administrativo disciplinar) que instaurou para investigar a fundo os casos é suficiente para solucionar o problema.

“O que foi denunciado está sendo investigado com o PAD, e pronto”, finalizou.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.