22.3 C
Rio Branco
26 julho, 2021 2:12 am

Cruzeiro é condenado a pagar R$ 900 mil ao Atlético-AC

O clube mineiro busca a Justiça de Minas Gerais, pedindo o reconhecimento da incompetência da CNRD para julgar o caso e a anulação dos efeitos da sentença

POR GABRIEL DUARTE — GE/DE BELO HORIZONTE

O Cruzeiro teve condenação ratificada pela CNRD (Câmara Nacional de Resoluções e Disputas), em abril, a pagar cerca de R$ 900 mil ao Atlético-AC pelo empréstimo do atacante Careca, em 2017.

O clube mineiro busca a Justiça de Minas Gerais, pedindo o reconhecimento da incompetência da CNRD para julgar o caso e a anulação dos efeitos da sentença.

Na peça processual ao qual o ge teve acesso, o próprio clube afirma correr o risco de receber nova punição para impedimento do registro de atletas em caso do não pagamento. Atualmente, o Cruzeiro está impedido pela Fifa de realizar novos registros de atletas.

O valor da condenação é de R$ 840.356,42 mais R$ 42.017,821. O prazo para o pagamento era de 10 dias, na ocasião.

O valor que a Raposa deveria pagar, inicialmente, ao Atlético-AC, era de R$ 400 mil em fevereiro de 2018 pelo empréstimo de Careca. Mas nenhum valor foi transferido ao clube acreano.

A ação do Cruzeiro no TJMG foi iniciada na última quarta-feira. Nela, o clube mineiro pede que a sentença da CNRD seja anulada.

O argumento do Cruzeiro é que, no contrato de empréstimo, foi estabelecido que o foro para discutir qualquer desacordo era o de Belo Horizonte, e não a CNRD. O Atlético-AC contestou.

Na decisão da CNRD, o argumento do Cruzeiro também foi refutado, e a Câmara considerou ser o foro adequado para discussão do caso.

Com isso, condenou o Cruzeiro ao pagamento em 14 de dezembro de 2020. Após pedidos de esclarecimentos feitos pelo clube mineiro, em 04 de janeiro de 2021, a CNRD ratificou a decisão em 1º de abril deste ano.

Na ação iniciada no Tribunal de Justiça de Minas Gerais, o Cruzeiro ainda citou o grave momento financeiro que vive. Segundo a defesa do clube, a determinação do pagamento do valor ao Atlético-AC afetaria gravemente o clube.

Na petição, o Cruzeiro citou que vive o pior momento da história do clube, com “12 déficits nos últimos 13 anos, resultando em uma perda acumulada de mais de R$ 700 milhões; nos últimos 8 anos o endividamento líquido cresceu quase 600% e atingiu R$ 897 milhões, um dos maiores do futebol brasileiro.”

Careca no Cruzeiro

Careca assinou contrato de empréstimo com o Cruzeiro em 17 de agosto de 2017. Chegou ao clube por ter tido bom desempenho na disputa da Série D de 2016 pelo Atlético-AC, marcando seis gols em 12 jogos.

No Cruzeiro, Careca chegou inicialmente para participar de jogos do Sub-20. Mas entrou em campo apenas duas vezes, pela equipe sub-23. Sem chances no profissional, o jogador retornou ao Atlético-AC um ano depois, após o fim do contrato de empréstimo.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.