23.3 C
Rio Branco
16 setembro 2021 2:07 am

Ex-prefeito André Maia é condenado pelo TCE em dois processos; um dos casos é encaminhado ao TCU

O ex-prefeito chegou a ser preso em 2018 por suspeitas de desviar verbas públicas e superfaturamento, no valor de cerca de R$ 5 milhões

POR REDAÇÃO CONTILNET

Última atualização em 30/08/2021 10:07

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) condenou nesta segunda-feira (30) o ex-prefeito de Senador Guiomard, André Maia, em dois diferentes processos. Ele foi multado em quase R$ 10 mil.

O primeiro se trata do envio incompleto das informações que compõem o Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM). Nesta ação, André vai ter que devolver aos cofres o valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais).

O segundo tem a ver com a aplicação e destinação dos recursos públicos da pandemia da covid-19. O caso foi encaminhado para o Tribunal de Contas da União (TCU). “Faz-se necessário que aquela Corte [o TCU] atue no sentido de averiguar as contratações e despesas realizadas pela prefeitura para enfrentamento da Covid-19”, diz um trecho do processo.

Nesta última ação, a multa para Maia chegou a R$3.570,00 (três mil quinhentos setenta reais).

Preso em 2018

O ex-prefeito chegou a ser preso em 2018 por suspeitas de desviar verbas públicas e superfaturamento, no valor de cerca de R$ 5 milhões, durante a Operação Sarcófago, da Polícia Federal. André foi afastado do cargo no curso das investigações.

Após 9 meses, ele foi reconduzido à função de prefeito e reempossado no último dia 12 de setembro, após uma determinação da Justiça. Na época, Maia disse que teria sido alvo de armação.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.