28.3 C
Rio Branco
1 setembro 2021 10:25 pm

Indústria Amiga Acreana: Gladson Cameli veste a camisa e garante apoio ao setor

Governador prestigiou a 1ª Amostra de Indústrias de Produtos Alimentares do Acre e garantiu apoio ao setor

POR ASCOM

O movimento Indústria Amiga Acreana ganhou um aliado de peso nesta sexta-feira, 27 de agosto. O governador do Acre, Gladson Cameli, vestiu, literalmente, a camisa da iniciativa durante visita à 1ª Amostra de Indústrias de Produtos Alimentares do Acre e garantiu apoio ao setor.

O evento, que aconteceu no Afa Jardim, em Rio Branco, foi realizado com o objetivo de demonstrar o potencial, a qualidade e a importância das indústrias de alimentos do Acre. Quase 30 empresas expuseram seus produtos.

“É importante que todos, inclusive o governador e secretários de estado, conheçam o que a indústria de alimentos do estado produz. É algo que surpreende pela quantidade, qualidade e nossa intenção é que esses produtos sejam inseridos nas compras governamentais. Isso ajuda a gerar emprego, manter os postos de trabalho existentes e também proporciona riqueza ao Acre”, frisou José Luiz Felício, presidente do Sindicato das Indústrias de Produtos Alimentares do Acre (Sinpal).

Segundo o empresário Adalberto Moreto, vice-presidente do Sinpal, as indústrias de alimentos do Acre não deixam nada a desejar a empresas outras de grandes centros do país. “Temos produtos aqui que valorizam a terra e os produtores rurais. Temos um poder de gerar quase 3.000 empregos diretos e outros milhares de indiretos. E isso precisa ser reconhecido pelo povo acreano”, afirmou.

A secretária de Educação do Acre, Socorro Neri, assegurou que é o momento de o estado apoiar ainda mais a indústria local. A gestora ressaltou que é determinação do governador Gladson Cameli que seja feito, dentro dos trâmites legais, tudo o que for possível para incentivar a produção local.

“No caso da Educação, a intenção é fazer aquisição de todos os produtos possíveis oriundos das indústrias e produtores locais. Agora, queremos concretizar o prato extra para todos os estudantes da rede estadual, para que todos tenham uma refeição além do lanche a cada turno. Isso refletirá em um ambiente escolar favorável ao desenvolvimento nutricional dos alunos e também movimentará o setor de alimentos”, acrescentou Neri.

Já o governador, Gladson Cameli, fez questão de visitar todos os estandes da amostra e saborear os produtos. Ao vestir a camisa do movimento Indústria Amiga Acreana, ele enalteceu a qualidade do que é fabricado no Acre.

“O governo, se quer fazer as coisas andarem, precisa vencer a burocracia. Temos que eliminar isso e pedir eficiência aos servidores e gestores. Precisamos ser provocados quanto a isso. Tenho dito à classe empresarial que nos demandem e que se preparem de fato e de direito para esses incentivos. Nosso grande propósito é dar direito iguais a todos, mas valorizando os que são daqui”, salientou Cameli.

No fim do evento, o Sinpal entregou um ofício ao governador solicitando atenção especial às seguintes pautas: informação sobre retorno das aulas presenciais; início do processo de compras da merenda escolar; previsão da segunda refeição aos alunos da rede pública estadual; Compras Governamentais; decreto estadual garantindo preferência à compra de produtos de indústrias locais e decreto ou resolução para defender as indústrias acreanas taxando os produtos similares vindos de outros estados em determinadas situações.

Fotos: Assessoria FIEAC e Marcos Vicentti (Agência Notícias do Acre)

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.