26.3 C
Rio Branco
21 setembro 2021 1:48 am

Polícias do Acre formam primeira turma em treinamento de cães para operações de combate ao crime

Familiares e amigos dos alunos prestigiaram o evento de formatura que contou com a participação dos cães treinados pelos mais novos profissionais do ramo

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 21/08/2021 09:31

Aconteceu nesta quinta-feira (20), na sede do Batalhão de Operações Especiais (Bope), a formação da primeira turma do curso de Cinotecnia realizado pela Polícia Militar no Acre (PMAC).

Ao todo, 38 alunos foram contemplados, entre PMs, bombeiros militares e agentes do Grupo Especial de Fronteiras (Gefron). A formação durou 49 dias, numa carga horária total de 435 horas/aula.

A Cinotecnia é o conjunto de conhecimentos e técnicas relacionados à criação selecionada, manejo e treinamento de cães para tarefas específicas das guarnições, como operações para combate ao tráfico de drogas, por exemplo.

Na ocasião, o comandante do Bope, capitão Inácio, disse que o curso é de suma importância para a segurança pública no Acre e para o aprimoramento dos trabalhos já realizados.

“É um sonho que estamos realizado, já que nunca tivemos esse curso aqui no Acre. Uma ferramenta muito precisa e importante para o combate ao crime, no achado de armas, drogas, etc. É o aprimoramento dos nossos policiais para o fortalecimento da segurança”, disse em entrevista ao ContilNet.

Familiares e amigos dos alunos prestigiaram o evento de formatura que contou com a participação dos cães treinados pelos mais novos profissionais do ramo.

O secretário Paulo Cézar, responsável pela Secretaria de Justiça e Segurança Pública, disse que a conquista é um esforço do governo e da Polícia Militar no sentido de preparar os agentes para prestarem um serviço de mais qualidade à população.

“Lutamos muito por essa formação que é fruto de um esforço do governo e das forças de Segurança do Estado, no sentido de aprimorar o combate ao crime”, salientou.

O cabo Josué, representando o Corpo de Bombeiros, destacou que se sente muito feliz por ter concluído o curso.

“Me sinto muito grato pela oportunidade dada pelas forças de Segurança Pública de nos dar mais recursos para combater o crime organizado. Unimos agentes de várias polícias e isso é muito significativo”, comentou.

Primeira mulher formada no Acre em cinotecnia

A tenente Juliana Nagao Gonçalves foi a primeira primeira oficial feminina a formar em todo o estado na área. Durante a cerimônia, ela foi homenageada e premiada por ter atingido a segunda colocação durante o curso.

“Me sinto lisonjeada por participar desse curso, ser cinotécnica e poder trabalhar com novas possibilidades. Levaremos essa formação para toda vida, sempre inovando no nosso trabalho de lutar pelo bem estar da população”, enfatizou Juliana à nossa reportagem.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.