24.3 C
Rio Branco
22 setembro 2021 2:38 am

Pré-candidato ao Governo, Jenilson fala sobre adversários, fundo eleitoral e chapa majoritária

Em entrevista exclusiva, Jenilson falou sobre suas projeções para as eleições do próximo ano

POR NANY DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 10/08/2021 08:50

Oficializado esta semana como pré-candidato ao Governo do Acre em 2022 pelo PSB, o deputado estadual Jenilson Leite concedeu uma entrevista exclusiva ao ContilNet.

De origem indígena, nascido no Seringal Mucuripi, no alto do Rio Muru, distante 5 dias de viagem de Tarauacá, no interior do Acre, Jenilson tem 43 anos. Deputado pelo segundo mandato, sua principal atuação sempre foi a medicina. Tanto que em junho do ano passado, quando o Acre passava por um dos piores momentos da pandemia de Covid-19, o infectologista anunciou afastamento da Assembleia Legislativa do Acre para se dedicar no atendimento de pessoas infectadas pelo coronavírus no Pronto Socorro de Rio Branco e em Tarauacá.

Um parlamentar altamente atuante, há mais de três anos ele é eleito como o deputado mais produtivo da Aleac. Ao ser questionado sobre o pilar de seu mandato, Jenilson se descreve como servidor da população, diz que busca andar em todos os municípios, ouvir os acreanos nos locais mais longínquos e acredita estar no caminho certo, já que o melhor filtro é o resultado na urna: em 2018 foi eleito com 8.253 votos, o dobro do que recebeu quando elegeu-se deputado no primeiro mandato.

Deputado Jenilson Leite durante entrevista exclusiva ao ContilNet/Foto: Jardy Lopes

Em nossa entrevista, Jenilson falou sobre suas projeções para as eleições do próximo ano, fez um balanço de sua gestão e traçou um panorama sobre o cenário de pré-campanha.

O deputado de poucas polêmicas, mas de opiniões fortes, falou sobre seus adversários, deu sua visão sobre o polêmico aumento do fundo eleitoral, deu detalhes de como está construindo sua chapa e o que podemos esperar de um candidato ‘carne nova’ em uma disputa majoritária com figuras conhecidas como Gladson Cameli, que vem para reeleição, e Sérgio Petecão, atual senador, e ainda Jorge Viana, que não decidiu se disputa o Governo ou o Senado, mas é um possível adversário.

Assista a entrevista completa:

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.