33.3 C
Rio Branco
13 outubro 2021 11:47 am

Fundhacre normaliza atendimento no Hospital do Idoso

POR ASCOM

Última atualização em 22/09/2021 16:42

A Fundação Hospital do Estado do Acre (Fundhacre), por meio do Hospital do Idoso de Rio Branco, começou a normalizar, no mês de agosto, os atendimentos que estavam suspensos devido à pandemia da Covid-19. Ao serem retomadas as atividades, o Ambulatório passou a prestar um atendimento reduzido a 30%. Hoje está gradativamente, atingindo os 100%.

O hospital conta com atendimento ambulatorial, realizado em consultas eletivas, dirigido a pessoas com idade acima de 60 anos. Além do atendimento com médicos geriatras, os idosos contam com outros profissionais que formam uma equipe multidisciplinar, com fonoaudióloga, psicóloga, terapeuta ocupacional e nutricionista.

A enfermeira do Ambulatório do Hospital do Idoso, Cláudia Mota, explica que o primeiro contato dos idosos na unidade é com a equipe de enfermagem, que dá início ao atendimento, fazendo uma pré-consulta. “Nesse momento é realizada a primeira avaliação e anotação dos sinais vitais, além da triagem por prioridades, oferecendo condições para que o paciente se sinta acolhido e seguro”, disse.

No Ambulatório, o hospital oferece também o serviço social. E, no enfrentamento à pandemia, foram implantadas as condições e cuidados para que se mantenha a qualidade e segurança no atendimento.

Para a gerente-geral do Hospital do Idoso, enfermeira Luiza Medeiros, os fatores para internação seriam pacientes com critérios geriátricos. No hospital é oferecido tratamento completo, desde o atendimento até internações, além de serem conduzidos para fazer a parte clínica e encaminhados para posterior cirurgia.

“Trata-se de um cuidado diferenciado com os pacientes portadores de Alzheimer ou de qualquer grau de demência senil. Para esses temos uma profissional médica que presta atendimento e tratamento específico. Percebemos o quanto é importante e indispensável o trabalho com o idoso, e todos os profissionais atuam com o mesmo afinco e dedicação, visando essa presteza e resolutividade para com as necessidades próprias dessa parcela da população, que nos chega com as mais diversas fragilidades de saúde”, ressalta Luiza Medeiros.

Luiza explica ainda que todas as unidades que fazem parte da Fundhacre contam com uma enfermaria indígena caracterizada para recepcionar e atender o paciente. “O Hospital do Idoso conta também com o apoio do Núcleo da Saúde Indígena, da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), e todas as unidades da Fundhacre foram contempladas com enfermaria”, afirmou.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!